18 de julho de 2024
Aliança

“Esperamos que o PL também venha”, diz Mabel, na perspectiva de apoio do partido

De acordo com o político, sua pré-candidatura à Prefeitura de Goiânia contará com o apoio de cerca de 12 legendas
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Em entrevista durante evento que consolidou o apoio do Agir à pré-candidatura de Sandro Mabel (UB) à Prefeitura de Goiânia, o empresário e ex-presidente da Fieg reiterou a busca de apoio com o PL para a concorrência ao pleito. De acordo com Mabel, cerca de 12 partidos irão apoiá-lo da disputa. “Esperamos que o PL venha, também”, disse.

“Continua sendo uma perspectiva de poder fazer um acordo com o PL”, afirmou Mabel ao editor-chefe do Diário de Goiás, o jornalista Altair Tavares. “Nós estamos pensando em Goiânia. Goiânia tá ruim, todos nós temos responsabilidade. O PL, que é um partido grande, tem a responsabilidade de nos juntar e lutarmos por Goiânia. Então, nós temos esses partidos e esperamos que o PL venha, também, pela responsabilidade de podermos fazer um trabalho todos juntos”, salientou o pré-candidato.

Questionado sobre a existência de diálogo com Bolsonaro, Mabel disse existir uma comunicação entre ambos, na tentativa do apoio, embora não houve uma aproximação durante a visita do ex-presidente ao Estado. “Eu converso com ele com uma certa frequência. Vira mexe a gente bate um papo com ele, com o presidente nacional do partido, também, o Valdemar (Costa Neto). Nós temos conversado e temos mostrado o que queremos para Goiânia”, disse.

A expectativa se intensificou, sobretudo, após a desistência de Gustavo Gayer da candidatura a prefeito, anunciada na manhã desta quarta-feira (19). Em ato realizado na capital, Bolsonaro anunciou, em seguida, Fred Rodrigues como o novo nome para a disputa pela sigla.


Leia mais sobre: / / / / / / Política