13 de junho de 2024
Câmara municipal • atualizado em 11/06/2024 às 15:48

Escolas sem funcionamento noturno de Goiânia poderão ser sede de cursos profissionalizantes; entenda

Proposta visa à capacitação da população para o mercado de trabalho, com geração de renda e movimentação da economia local
Proposta é de autoria do vereador Sandes Júnior (MDB). (Foto: Reprodução/Câmara de Goiânia).
Proposta é de autoria do vereador Sandes Júnior (MDB). (Foto: Reprodução/Câmara de Goiânia).

Nesta terça-feira (11), o Plenário da Câmara de Goiânia aprovou, em segunda votação, o projeto de lei (PL 449/2023) que visa autorizar a utilização das escolas municipais sem funcionamento noturno para a promoção de cursos profissionalizantes no período.

De autoria do vereador Sandes Júnior (MDB), a proposta visa à capacitação da população para o mercado de trabalho, com geração de renda e movimentação da economia local. O projeto agora segue para sanção ou veto do prefeito Rogério Cruz (Solidariedade).

“Muitas das escolas municipais ficam fechadas durante a noite, sendo espaços adequados e sem custos para realização desses cursos, que oportunizarão perspectivas de ingresso ou de reingresso no mercado de trabalho”, afirma Sandes Júnior.

Segundo a proposta, se sancionada a lei, o poder público poderá contratar uma empresa especializada e estabelecer parcerias com entidades da sociedade civil para troca de experiências e para capacitação de instrutores e de alunos.


Leia mais sobre: / / Cidades / Goiânia

Elysia Cardoso

Jornalista formada pela Uni Araguaia em 2019