28 de maio de 2024
ESTRAGOS • atualizado em 28/04/2024 às 11:48

Escola estadual em Catalão tem atividades paralisadas após temporal

Temporal causou um grande destelhamento nos pavilhões das salas de aula na escola estadual
Escola não estava em horário de aula e o vigilante não sofreu ferimentos. (Foto: CBM-GO)
Escola não estava em horário de aula e o vigilante não sofreu ferimentos. (Foto: CBM-GO)

O município de Catalão, localizado no Sudeste de Goiás, foi atingido por fortes chuvas e ventos no início da manhã desta sexta-feira (1º). Para atender uma ocorrência na Escola Estadual Abrahão André, o Corpo de Bombeiros Militar do Estado (CBM-GO) foi acionado. O temporal causou um grande destelhamento nos pavilhões das salas de aula, conforme informado pela corporação.

Segundo o Centro Climatológico da Universidade Federal de Catalão (UFCAT), aproximadamente 45 mm de chuva foram registrados, acompanhados de rajadas de ventos fortes com velocidade de 65 km/h.

A Escola Estadual Abrahão André conta com 330 alunos e 42 funcionários, mas não estava em horário de funcionamento do local. Entretanto, o vigilante estava no colégio, mas não sofreu ferimentos.

Estragos

De acordo com o CBM-GO, o temporal arrancou telhas e alagou as salas de aula, danificando materiais. Foi informado ainda que 40% do telhado foi danificado e que houve infiltrações.

“O temporal arrancou várias telhas, causando alagamento em 8 salas de aula e danificando diversos materiais, incluindo uma lousa digital, quatro televisões de 52 polegadas, três datashows Epson, quatro armários de escritório de 2 portas, 12 mesas de escritório, 4 notebooks, 1 geladeira e 1 micro-ondas. Além disso, cerca de 40% do telhado foi danificado, houve infiltrações em várias repartições das salas de aulas e danos à rede elétrica e de internet. O vento também arremessou telhas contra o muro da frente da escola, causando buracos em sua estrutura, e parte de um muro de divisa de aproximadamente 50 metros com lotes baldios também caiu parcialmente”, levantou o CBM-GO.

A equipe orientou os funcionários sobre as situações inseguras até que os reparos sejam feitos para o retorno do funcionamento da escola estadual.


Leia mais sobre: / / / / / / Catalão / Cidades

Maria Paula

Jornalista formada pela PUC-GO em 2022 e MBA em Marketing pela USP.