13 de junho de 2024
Novo cenário

Entrada do Pablo Marçal na disputa pela prefeitura de São Paulo favorece Boulos, aponta pesquisa

Conforme levantamento da AtlasIntel, a entrada de Marçal na disputa aumentou a distância entre Guilherme Boulos e Ricardo Nunes
A entrada de Pablo Marçal favoreceu primeira colocação de Boulos nas intenções de voto. Foto: Reprodução/Redes sociais
A entrada de Pablo Marçal favoreceu primeira colocação de Boulos nas intenções de voto. Foto: Reprodução/Redes sociais

A pesquisa de intenção de voto para a prefeitura de São Paulo, feita pela AtlasIntel em parceria com a CNN e divulgada nesta terça-feira (28), demonstra que a entrada do goiano Pablo Marçal (PRTB) na disputa favoreceu o pré-candidato Guilherme Boulos (PSOL). Em comparação com o levantamento feito em abril, a distância entre Boulos e o segundo pré-candidato mais bem cotado ao cargo pelos eleitores, o atual prefeito Ricardo Nunes (MDB), aumentou.

Pablo Marçal anunciou pré-candidatura por São Paulo no último sábado (25). Na pesquisa, realizada entre os dias 22 e 27 de maio, seu nome foi considerado. O levantamento apontou que, neste cenário, Boulos possui 37,2% das intenções de voto ante 20,5% de Ricardo Nunes. Marçal aparece no terceiro lugar, com 10,4%, seguido pela deputada federal Tabata Amaral (PSB), com 9,9%.

Por fim, o jornalista José Luiz Datena (PSD) aparece com 7,9%, mesmo número que o deputado federal Kim Kataguiri (União Brasil). Com menos intenções de voto, está a economista Marina Helena (Novo), com 3,5%, e o metroviário Altino Prazeres Jr. (PSTU), com 0,5%. Não quiseram declarar voto 0,9% dos entrevistados e brancos ou nulos representaram 1,4%.

Mudança de cenário

Em abril, antes do anúncio oficial da entrada de Marçal na corrida eleitoral pela prefeitura de São Paulo, Boulos detinha 35,6% das intenções de voto e Nunes, 33,7%. Tecnicamente, os dois estavam empatados, cenário que foi modificado pela redistribuição das intenções de voto com ao anúncio do pré-candidato do PRTB.

A pesquisa atual também considerou opção em que não apareciam os nomes de Datena e Marçal. Nesta ocasião, Boulos manteve 37,2% das intenções de voto e Nunes, 32,6%, uma distância maior do que a apontada em abril, com os mesmos candidatos.

Ainda mantendo a mesma conjuntura de abril, Tabata Amaral obteve 11,1% em maio, quando em abril foram 14,7% e Kim Kataguiri foi de 9,4%, em abril para 9,3% em maio. Já Marina Helena passou de 3,5%, em abril, para 3,7% em maio, e, Altino Prazes Jr., que não havia pontuado em abril, aparece com 1,2%, agora em maio.

A pesquisa entrevistou 1.670 moradores da cidade de São Paulo, por meio de Recrutamento Digital Aleatório (Atlas RDR), entre os dias 22 e 27 de maio. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

Com informações da CNN Brasil


Leia mais sobre: / / / / Eleições 2024 / Política

Luana Cardoso

Luana

Estagiou no Diário de Goiás de 2022 a 2024. Atualmente atua como repórter de cidades, política e cultura. Jornalista formada pela FIC/UFG, Bióloga graduada pelo ICB/UFG, escritora, cronista e curiosa.