19 de agosto de 2022
Economia

Endividamento cai em Goiânia, mas ainda atinge mais da metade das famílias

Endividamento ainda atinge mais da metade dos goianienses. (Foto: Reprodução)
Endividamento ainda atinge mais da metade dos goianienses. (Foto: Reprodução)

Uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira (30) pela Fecomércio-GO apontou que o endividamento está atingindo menos famílias em Goiânia. A capital teve redução de 20% no percentual dos núcleos familiares com dívidas.

Segundo o levantamento, em junho do ano passado 72,5% das famílias goianienses tinham dívidas. Neste mês, o índice é de 52,2%.

Dentre aquelas pessoas com dívidas, 6% disseram que estão muito endividados, enquanto 13,7% estão mais ou menos endividados. Aqueles que se consideram pouco endividados são 32,5%.

Continua após a publicidade

O cartão de crédito é o maior vilão do endividamento em Goiânia. Conforme a pesquisa, 78,3% tiveram problema para pagar as faturas. Operações de financiamento de imóveis e veículos vêm em seguida, com 16,3% e 17,1%, respectivamente.

Chama atenção o alto percentual de pessoas que estão com contas atrasadas há mais de três meses. Esse é o caso de 41% dos entrevistados.

Apesar disso, o consultor de economia e investimentos da Fecomércio, Bruno Ribeiro, vê um cenário positivo. “É sempre bom um pouco de cautela, mas ao que parece, a perspectiva é de melhora”, pontuou.

Continua após a publicidade

Ele, porém, ressaltou que é difícil prever quando será possível retornar ao nível de consumo pré-pandemia.