30 de junho de 2022
Cidades

Encontrado corpo de mulher de Goiânia que atuava como motorista do UBER

Vanusa: Investigação da DEIC busca causa do assassinato (foto reprodução TV Goiânia)
Vanusa: Investigação da DEIC busca causa do assassinato (foto reprodução TV Goiânia)

A Delegacia de Investigações Criminais de Goiás (DEIC) busca encontrar os culpados pelo assassinato da motorista do aplicativo UBER Vanusa
Ferreira da Cunha, 36. O corpo da vítima foi encontrado no Jardim Copacabana, em Aparecida de Goiânia.

Continua após a publicidade

O caso é conduzido pela delegada Mayana Resende que informou que “assim que tomaram conhecimento dos fatos empreenderam diligências no sentido de encontrar a vítima. A Polícia Civil trabalha incessantemente a fim de solucionar o crime”. As linhas de investigação incluem várias possibilidades, inclusive de crime passional.

A Polícia Civil mantém a continuidade do caso sob sigilo e só dará detalhes após a conclusão para que as ações o trabalho investigativo não seja prejudicado. Os familiares da vítima estiveram na DEIC na busca de informações e também para contribuir com dados da vida de Vanusa. 

Velório

Continua após a publicidade

O velório de Vanusa, de 36 anos, será realizado no começo da tarde desta segunda-feira (21/01), em uma Igreja Católica que fica na Região Noroeste de Goiânia, no Setor Finsocial.
Segundo uma amiga da vítima, o corpo foi liberado por volta das 10 horas da manhã e assim que o velório encerrar o velório em Goiânia, o corpo será levado para Itapirapuã, cidade onde a vítima nasceu.