28 de junho de 2022
Economia

Empresas do grupo América Saúde vendidas por R$428 milhões

Júlio Eduardo Ferro (de óculos) confirma negociação e aguarda autorização para transferência (foto divulgação)
Júlio Eduardo Ferro (de óculos) confirma negociação e aguarda autorização para transferência (foto divulgação)

O comunicado ao mercado foi feito pela adquirente HAPVIDA para a Bolsa de Valores na tarde deste domingo, mas a negociação foi fechada no sábado atrasado (01/06) pelo valor de R$428 milhões. Todas as empresas do grupo América (América Plano de Saúde; AME Plano de Saúde; PROMED plano de saúde; Hospital Jardim América, Hospital América – Antiga Fêmina; Hospital Ortopédico PROMED) foram incluídas na negociação.

O valor da transação pode chegar a perto de R$500 milhões, dependendo das avaliações e outros detalhes que serão negociados.

A transferência da propriedade, no entanto, está condicionada à autorização dos órgãos controladores do Governo Federal.

Continua após a publicidade

Na tarde deste domingo, Júlio Eduardo Ferro (filho do médico Sebastião Ferro), informou à sua assessoria na área de comunicação que a negociação pode ser confirmação da venda.

A venda leva preocupação aos quase 120 mil clientes que o América Plano de Saúde tem no Estado de Goiás e sobre sua relação de prestação de serviços e preços.