25 de julho de 2024
Agricultura

Empresa realiza ‘Dia de Campo’ em Hidrolândia, para para estimular a produção de arroz

Para agricultores, o evento abordará as novas variedades de sementes, rentabilidade do produto e o arroz como opção de rotação de cultura
A especialista explica que devido às variedades de arroz, o potencial de produção tem aumentado. (Foto: Freepik).
A especialista explica que devido às variedades de arroz, o potencial de produção tem aumentado. (Foto: Freepik).

Segundo a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Estado de Goiás (Seapa), Goiás deve registrar crescimento de 8,1% em área cultivada do cereal na Safra 2023/2024. Pensando em expandir o conhecimento sobre o grão, a AHL Agro promove no próximo dia 18, um ‘Dia de Campo’, voltado para produtores em Hidrolândia.

O evento irá abordar as novas variedades de sementes, rentabilidade do produto e o arroz como opção de rotação de cultura. “O arroz de terras altas foi inicialmente cultivado no Cerrado em áreas de abertura, mas agora ele também entrou no sistema de rotação de culturas em áreas de pivô central, como mais uma alternativa de plantio, contribuindo com palhada para o solo, e com inúmeros benefícios para todo o sistema ”, explica a engenheira agrônoma da AHL Agro, Lara Queiroz.

Potencial de produção 

A especialista explica que devido às variedades de arroz, o potencial de produção tem aumentado. “As novas variedades podem ser plantadas em rotação com o feijão, milho, algodão e a soja”, completa a engenheira. Os principais atributos destas variedades para terras altas são maior produtividade, melhor arquitetura de planta e resistência a algumas doenças, que podem causar perdas na produção.

Segundo Lara, o o arroz de terras altas teve uma espetacular recuperação dos seus preços, invertendo uma tendência de desaparecimento como cultura comercial e tornando-se uma opção lucrativa para a região.

Hoje, a saca do arroz é comercializada a R$ 155, um aumento de 1,14% em relação à safra anterior. E a estimativa para a Safra 2023/2024 é de que área cultivada, a rizicultura goiana deve chegar a 16 mil hectares, resultando em um crescimento de 9,6%.


Leia mais sobre: / / / / Notícias do Estado

Elysia Cardoso

Jornalista formada pela Uni Araguaia em 2019