27 de junho de 2022
Goiânia

Em sua terceira semana de funcionamento, Mutirama recebe em média mais de 6 mil pessoas por dia

Presidente da Agência Municipal de Turismo e Lazer (Agetul), Urias Júnior - Foto: Altair Tavares.
Presidente da Agência Municipal de Turismo e Lazer (Agetul), Urias Júnior - Foto: Altair Tavares.

O presidente da Agência Municipal de Turismo e Lazer (Agetul), Urias Júnior, explicou em entrevista a rádio Bandeirantes 820 AM, que o Parque Mutirama tem recebido em média mais de 6 mil pessoas por dia. Além disso, nas primeiras semanas, estão sendo verificados os detalhes para garantir a segurança e diversão do local.

Continua após a publicidade

“Nós estamos nesse momento com todos os brinquedos funcionando, foi feito um treinamento com os nossos operadores, mas quando começa a funcionar é que começa a verificar. Estamos cuidado de detalhes e as vezes os detalhes é que requerem muito mais atenção dos que o macro”, afirma.

Segundo o presidente, em média em dias da semana o Parque está recebendo entre 6 a 7 mil pessoas e no final de semana chega até 10 mil. “Nas primeiras semanas a gente começou na quinta-feira, depois na quarta-feira e a partir desta semana até dia 4, que é o último final de semana de férias, estaremos funcionando de terça a domingo”, destaca.

Horários

Continua após a publicidade

O Parque Mutirama abre de terça-feira a quinta-feira,  das 10 às 17 horas. Sábados e domingos, das 9 às 17h30. O horário diferenciado visa ampliar as opções ao usuário. Após esta data, o local terá funcionamento normal, de quinta-feira a domingo.

“Lembrando que é aconselhável que as pessoas cheguem mais cedo porque quando a gente atinge, principalmente no sábado e domingo, um público passando dos 9 mil usuários nós fechamos a entrada, justamente para possibilitar que as pessoas possam brincar”, alerta Urias.

Leia Também: Food-Trucks são autorizados a vender alimentos no Multirama

Gratuidade

De acordo com o presidente da pasta, a decisão pela gratuidade não é considerada uma renúncia de receita. “Temos que verificar qual o objetivo, renúncia de receita é uma taxa, um imposto. O que houve com o Mutirama, a busca de um resgate histórico, o Mutirama foi idealizado pelo prefeito Iris na década de 60. Estamos falando desse resgate porque como ele idealizou para que houvesse condição de igualdade de lazer. A ideia é de que todos estejam lá, então ele não é um parque que visa a arrecadação, e sim a diversão e lazer”, conclui.