27 de maio de 2022
Cidades • atualizado em 12/02/2020 às 23:50

Em reunião na PUC-GO, Lúcio Flávio fala do baixo nível de campanhas

Encontro de Lúcio Flávio com professores de Direito aconteceu nesta segunda-feira (9). (Foto: Assessoria)
Encontro de Lúcio Flávio com professores de Direito aconteceu nesta segunda-feira (9). (Foto: Assessoria)

O candidato à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil Seção Goiás (OAB-GO), Lúcio Flávio, teve encontro nesta segunda-feira (9) com professores de Direito da Pontifícia Universidade Católica (PUC-GO). Na ocasião, o candidato falou sobre os ataques dos adversários, com vídeos e mensagens nas redes sociais.

“Por exemplo, alguns afirmam que eu não poderia ser presidente da OAB porque sou professor. Como se esse fato fosse nos deslegitimar ao cargo”, disse. “Campanha não se ganha com baixaria, se ganha com conhecimento, com a construção de ideias. Espero que possamos ter orgulho de dizer que temos um professor-advogado como presidente da Ordem”.

Além disso, Lúcio Flávio comentou sobre o “abandono” da Escola Superior de Advocacia (ESA) e acredita que a unidade deve ser reestruturada. “Hoje em dia a ESA oferece cursos com conteúdo gravado em São Paulo, como se em Goiás não tivéssemos professores capazes. É inadmissível que a ESA não ofereça, por exemplo, um curso de pós-graduação sem ser terceirizado, como é hoje”, afirmou. 

Continua após a publicidade

Leia mais:

Leia mais sobre:
Cidades