25 de junho de 2024
Avanços • atualizado em 01/06/2024 às 13:48

Em pouco mais de um ano, Goiás realizou mais de 180,6 mil cirurgias eletivas

De acordo com dados da SES-GO, houve uma redução de 66,73% na fila de espera por procedimentos cirúrgicos eletivos no Estado
Em maio deste ano, o número de pacientes na fila de espera chegou a 74.957. Foto: Reprodução
Em maio deste ano, o número de pacientes na fila de espera chegou a 74.957. Foto: Reprodução

De janeiro 2023 a março de 2024, foram realizadas 180.637 cirurgias eletivas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Goiás. De acordo com dados da Secretaria da Saúde de Goiás (SES-GO), houve uma redução de 66,73% na lista por procedimentos cirúrgicos eletivos no Estado.

Em 2023, foi lançado o Programa Nacional de Redução de Filas (PNRF) pelo Governo Federal, quando o Estado de Goiás firmou parceria com os hospitais privados e ampliou o programa para 40 municípios goianos. O avanço na retomada das realizações dos procedimentos resultou em um número de cirurgias realizadas maior do que os números da fila de espera, que em dezembro de 2022 chegou a 125.894 pacientes.

Goiás implementou também o Sistema Regnet, que organizou uma fila unificada com os municípios, registrando o número de pacientes em espera. A partir do sistema, a SES-GO conseguiu avançar no gerenciamento das filas eletivas em todo o Estado, permitindo que o processo de regulação fosse realizado digitalmente, em tempo real, direto dos hospitais.

Durante esse período o Estado computou 165.430 novas solicitações. Com o andamento das filas, até o dia 10 de maio deste ano o número chegou a 74.957. O secretário de Saúde, Rasível Santos, destacou que a agilidade do sistema foi elogiado pelo Ministério da Saúde. “O Regnet possibilitou a identificação e definição dos pacientes distribuídos nos 246 municípios goianos, de forma simples e eficiente, por meio do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems)”, pontuou.


Leia mais sobre: / / Notícias do Estado

Luana Cardoso

Luana

Atualmente atua como repórter de cidades, política e cultura. Editora da coluna Crônicas do Diário. Jornalista formada pela FIC/UFG, Bióloga graduada pelo ICB/UFG, escritora, cronista e curiosa. Estagiou no Diário de Goiás de 2022 a 2024.