10 de agosto de 2022
Eleições 2022

Em dia de reunião no PSD, Lissauer Vieira posta mensagem enigmática: “Não recuarei diante das barreiras e obstáculos”

Lissauer Vieira (Foto: Divulgação)
Lissauer Vieira (Foto: Divulgação)

No dia em que a cúpula do PSD deve se reunir para tratar sobre os últimos acontecimentos envolvendo o partido nas eleições 2022, o pré-candidato ao Senado, Lissauer Vieira publicou uma mensagem enigmática nas redes sociais. O deputado estadual disse nesta terça-feira (26/07) que fez uma análise sobre sua trajetória política e que o saldo é positivo, portanto, não recuará ‘diante das barreiras e obstáculos’.

“Fiz uma análise de nossa trajetória política e vi que o saldo é positivo. Sei que posso fazer mais por Goiás. Não estou sozinho. Estou atendendo ao chamado de um grupo forte e coeso e não recuarei diante das barreiras e obstáculos. Não desperdiçarei energia. Deus está no comando”, destacou Lissauer Vieira em publicação numa rede social. 

LEIA TAMBÉM: Lissauer Vieira intensificará pré-candidatura ao Senado durante recesso da Alego e garante prioridade na base

Continua após a publicidade

O Diário de Goiás apurou que o presidente estadual da sigla, Vilmar Rocha (PSD) e o presidente metropolitano da sigla, Simeyzon Silveira deverão se reunir com Lissauer Vieira e o ex-secretário de saúde, Ismael Alexandrino (PSD), pré-candidato a deputado federal pela legenda para avaliar os cenários e últimos desdobramentos políticos. Por isso, a reunião deverá acontecer ainda hoje (26) entre o fim da tarde e o começo da noite.

NÃO DEIXE DE LER: De olho no Senado, Lissauer Vieira é o presidente da Assembleia que quer dar o maior salto na política

Continua após a publicidade

De acordo com o apurado pelo jornalista Altair Tavares e publicado em seu blog, o PSD fará uma série de análises durante a semana. Depois que recebeu a indicação do governador Ronaldo Caiado (União Brasil-GO) de que ele não poderia garantir a escolha de um candidato a senador, o PSD iniciará a análise da situação a partir de terça-feira (26/07). E agora? Manter ou não a candidatura de Lissauer Vieira para o Senado? Manter ou não o apoio a Caiado na disputa para governador? Apoiar ou não um candidato da oposição para o Executivo? As dúvidas são muitas.

Ocorre que o PSD é o terceiro partido em tempo de propaganda no rádio e na TV (atrás apenas de PSL e PT) e ele tem um ativo de comunicação importante para uma campanha eleitoral. No entanto, fontes do PSD indicam que a situação ainda não está definida e que é preciso ter cautela e manter uma agenda de diálogo até o último prazo, dia 05 de agosto, quando será fechado o prazo das coligações partidárias. O futuro de Lissuaer Vieira está em aberto.

Leia mais sobre:
Eleições 2022 Política