13 de julho de 2024
Estatística

Eleições de 2022 tiveram aumento de 52% na participação de eleitores menores de 18 anos

Mais de 1,7 milhão de jovens de 16 e 17 anos compareceram às urnas
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

As eleições gerais de 2022 tiveram um aumento de 52,3% na participação do eleitorado de 16 e 17 anos, que não possui obrigatoriedade de voto, em comparação com a eleição de 2018. Este ano, cerca de 1,7 milhão de jovens menores de 18 anos compareceram às urnas.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mais de 2,1 milhões de eleitores dessa faixa etária estavam aptos a votar este ano. Em 2018, esse número foi em torno de 1,4 milhão, com 1,1 milhão que compareceram. Nestas eleições, a maioria dos jovens votantes eram mulheres, cerca de 489 mil, ante 387 mil homens.

Os números são resultado da campanha para a retirada do primeito título de eleitor, entre o público jovem. Nessa faixa etária, o voto é facultativo, portanto, havia um apelo para a maior participação dos jovens à favor da democracia.


Leia mais sobre: / / Eleições 2022 / Política