18 de abril de 2024
Alô, concurseiros! • atualizado em 10/01/2024 às 18:29

Edital publicado: veja cronograma, vagas e detalhes de inscrição do “Enem dos concursos”

O edital do Concurso Público Nacional Unificado, que vai selecionar 80 carreiras em mais de 20 órgãos públicos do governo federal, foi publicado nesta quarta (10)
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O edital do Concurso Público Nacional Unificado, também conhecido como “Enem dos concursos”, foi publicado nesta quarta-feira (10). O concurso unificado vai preencher 6.640 vagas de nível médio e superior em 21 órgãos do governo federal. A intenção é promover um único certame, em que os candidatos possam concorrer a mais de uma vaga em órgãos diferentes, com apenas uma taxa de inscrição.

De início, as provas do concurso unificado federal iriam ser aplicadas em 217 cidades. Posteriormente, o governo decidiu incorporar mais três municípios na lista: Santos (SP), Petrópolis (RJ) e Blumenau (SC). Assim sendo, agora, serão 220 cidades de aplicação das provas.

Cronograma e Inscrições

Conforme o edital, o prazo de inscrições começa no dia 19 de janeiro e se encerra no dia 9 de fevereiro. De acordo com o cronograma, as provas estão previstas para serem aplicadas no dia 5 de maio, podendo ser realizadas em qualquer uma das 220 cidades listadas, à escolha do candidato. A previsão para publicação dos resultados é dia 30 de julho.

As inscrições poderão ser feitas dentro do prazo estimado no cronograma diretamente pelo site da banca responsável pelo certame, a Cesgranrio. A taxa de inscrição será de R$ 60 para o nível médio e de R$ 90 para o nível superior.

Os candidatos podem se inscrever a várias vagas em órgãos diferentes pagando somente uma taxa de inscrição, desde que as escolhas sejam da mesma área de atuação. As carreiras estão divididas em oito blocos e, no ato da inscrição, o candidato escolhe um dos blocos, indicando a ordem de preferência, semelhante ao processo do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) para entrar nas universidades públicas.

A convocação para cada cargo é feita com base na nota dos aprovados e está prevista para o dia 5 de agosto. O esquema de aplicação dos exames também foi inspirado no modelo do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), com uma prova objetiva, comum a todos os candidatos, além de objetivas e dissertativas específicas do bloco escolhido.

Vagas

Ao todo, são 6.640 vagas distribuídas em 21 órgãos federais. São oportunidades para atuar em 80 carreiras em órgãos públicos do governo federal, incluindo ministérios, fundações, agências reguladoras e institutos de pesquisa. Em geral, há cargos nos níveis médio, técnico e superior. Os salários iniciais previstos chegam até R$ 20 mil.

Entre as repartições públicas que ofertam mais vagas estão o Ministério da Gestão e Inovação (MGI), com 1.480; Ministério do Trabalho e Emprego, com 900 vagas para auditor fiscal; Incra, com 742; IBGE, com 620; Funai, com 502 e Ministério da Saúde (MS), com 220 vagas.


Leia mais sobre: / / Concursos

Luana Cardoso

Luana

Estagiária de Jornalismo do convênio entre a UFG e o Diário de Goiás.