20 de maio de 2024
Eleições 2024

Durante filiação ao PL, Márcio Corrêa se diz antagonista ao PT e a atual gestão em Anápolis

pré-candidato a prefeito reforçou o "batismo" de Bolsonaro a seu nome em maio
Márcio Correa, que era do MDB, se filiou ao Partido Liberal, mesma legenda do ex-presidente. (Imagem: Altair tavares)
Márcio Correa, que era do MDB, se filiou ao Partido Liberal, mesma legenda do ex-presidente. (Imagem: Altair tavares)

Durante entrevista exclusiva ao Diário de Goiás neste sábado (13), o pré-candidato a prefeito de Anápolis, Márcio Corrêa, adiantou o que espera dos próximos meses agora, filiado ao Partido Liberal, mesma legenda do ex-presidente Jair Bolsonaro. Para o político, que afirmou que já vinha conversando com o PL há alguns meses, houve uma aproximação que o fez dialogar de forma a enxergar um “caminho que não só fortaleceria, mas dava coerência em relação ao discurso” que tem praticado.

Apesar disso, Corrêa admitiu que não tem o apoio do governador Ronaldo Caiado (UB), mas reforçou que recebera, do próprio Bolsonaro, a “benção” pela candidatura já neste próximo mês de maio, também como adiantado pelo Diário de Goiás. Apesar disso, ele garantiu que será uma alternativa à gestão atual e, claro, à candidatura de Antônio Gomide (PT), que também tem muita força em Anápolis.

“Ele [Ronaldo Caiado] tem um projeto que vai defender o legado do atual prefeito e nós somos o que nos apresentamos como alternativa diferente, com propostas e com projetos para superar desafios crônicos que nós temos na cidade de Anápolis. Entendemos o posicionamento do governador, que tem uma base ampla, gostaríamos muito de ter o apoio, mas entendemos que vai chegar no momento talvez o segundo turno a gente vai tá afunilando aí para trazer uma grande vitória na cidade”, disse Márcio Correa.

Sobre o embate entre PL e PT, o pré-candidato afirmou que é algo “natural”. “Até pelas posições atuais das pesquisas de intenções de votos dá a entender essa calcificação política de direita e esquerda, mas é importante também trazer projetos factíveis, projetos reais para a cidade, a população e as soluções para os problemas da área da saúde, na área da infraestrutura, na área econômica para que Anápolis volte a ser uma cidade de oportunidades”, completou.

Por fim, Márcio Correa também relembrou os partidos que já confirmaram aliança com sua chapa, como o MDB, o Novo, o Solidariedade e o PRD. “No mês de maio essa pré-candidatura será oficializada e terá ganhado outros apoios de outros partidos e, assim, trazer um protagonismo para o processo eleitoral”, concluiu.


Leia mais sobre: / / / Eleições 2024 / Política

Carlos Nathan Sampaio

Jornalista formado pela Universidade Federal e Mato Grosso (UFMT) em 2013, especialista Estratégias de Mídias Digitais pelo Instituto de Pós-Graduação e Graduação de Goiânia - IPOG, pós-graduado em Comunicação Empresarial pelo Senac e especialista em SEO.