26 de maio de 2022
Eleições 2012

PT aprova aliança com PMDB e lança Paulo Garcia para a prefeitura

Lideranças petistas deram um tom de humildade na convocação da militância para o enfrentamento da Eleição, em Goiânia. Participantes do Encontro Municipal do PT ressaltaram que não existe eleição fácil, considerando a disputa para prefeitura de Goiânia e o quadro de queda dos adversários após o caso Cachoeira. O prefeito Paulo Garcia foi confirmado como candidato à reeleição e o PT aprovou a aliança proporcional com o PMDB, entre outras estratégias eleitorais.

Paulo Garcia, falando aos militantes, indicou a importância do trabalho árduo, pois não existe eleição ganha para a prefeitura, como ressaltaram Darci Accorsi, Marina Santanna, Luiz César Bueno e Humberto Aidar. “Há muito por fazer, há muito por dar respostas”, argumentou Garcia. E, o prefeito não deixou de sugerir aos militantes do PT que esperava as melhores decisões do Encontro PARA “uma aliança coesa e sólida”. Ele sabe que este trabalho pavimenta uma boa campanha.

Continua após a publicidade

Garcia ressaltou o que considerou um clima de “otimismo” com a disputa eleitoral em Goiânia, mas lembrou que a “importância da humildade e do respeito”, pois o processo é “difícil, complexo e cheio de obstáculos”.

O deputado Humberto Aidar foi um dos primeiros a dar o recado ao dizer que “quando parece fácil é que temos que redobrar o trabalho”, em discurso que abriu o Encontro do PT. Em outra via, o presidente regional do PT, Valdi Camárcio, ressaltou que a reeleição de Paulo Garcia para prefeito de Goiânia é “prioridade absoluta para o PT nacional”. E arrancou aplausos dos delegados do Encontro.

Coube à deputada federal Marina Santanna fazer referência ao caso Cachoeira e o impacto na política de Goiás, sem poupar o governo do Estado. “Goiás é um estado tomado pela criminalidade. Entrou nas instituições, do governador á polícia militar”, disse. Ela fez um alerta ao dizer que “a campanha não se dá pelo quadro mostrado nos jornais”, por isso, ressaltou também a importância do forte trabalho que os petistas devem dedicar-se para a disputa eleitoral, em Goiânia.

Continua após a publicidade

Marina ressaltou as pesquisas de avaliação do eleitor sobre a imagem dos partidos e ressaltou que, apesar da “grande mídia”, o PT é o “partido que muda o Brasil e por isso está no coração da maioria dos homens, mulheres e crianças”.

(Fotos:Léo Iran e Regina Magnabosco)

Leia mais sobre:
Eleições 2012