27 de fevereiro de 2024
Goiás Esporte Clube

Diretoria não aparece e técnico interino é a voz do Goiás após rebaixamento para Série B

Técnico Mário Henrique - Goiás (Foto - Rosiron Rodrigues)
Técnico Mário Henrique - Goiás (Foto - Rosiron Rodrigues)

Grêmio 2×1 Goiás em Porto Alegre. O resultado pela 36ª Rodada do Campeonato Brasileiro, rebaixou o time goiano para Série B em 2024. Algo já desenhado ao longo da trajetória da equipe na competição. Com um elenco com muitas limitações, o Verdão sempre esteve entre os últimos colocados na disputa e em momento algum deu mostras de confiança ao seu torcedor que teria condições de atingir o objetivo que era a permanência na elite nacional para próxima temporada.

Com o rebaixamento sacramentado, esmeraldinos esperavam por um posicionamento da diretoria do Goiás. Só que isso não aconteceu. Paulo Rogério Pinheiro, Edminho Pinheiro e Harlei Menezes – os três principais dirigentes do clube – não atenderam a imprensa após a derrota na Arena do Grêmio.

Os únicos personagens a conceder entrevistas foram o atacante Breno Herculano, que atuou em apenas duas partidas no Campeonato Brasileiro e o técnico Mário Henrique que assumiu o time alviverde após a demissão do português Armando Evangelista.

Mário Henrique lamentou a queda do Goiás e em tom emocionado disse que é hora do clube rever muitas coisas e planejar o futuro com a cabeça erguida: “Não posso negar o tanto que esses caras trabalharam nesse período que eu estive na frente. Para mim é um sentimento muito ruim, mesmo as pessoas destacando o fato que assumi para quatro jogos e na situação que o time estava. Mas não me retiro do barco e muito pelo contrário. Se eu puder ser linha de frente para esses atletas, para todos os membros da comissão técnica, staff e diretoria, eu me coloco. Vivemos o clube e passar por uma situação dessa é muito difícil”.

Mário Henrique comanda o Goiás Esporte Clube nas duas última rodadas do Campeonato Brasileiro. A equipe tem compromissos contra o Fortaleza, no Estádio Castelão e o América Mineiro, no Estádio Hailé Pinheiro.


Leia mais sobre: / / Esportes / Goiás Esporte Clube