27 de maio de 2024
Manifestações

Dia do Trabalhador é marcado por atos pró e contra Bolsonaro em Goiânia

Grupos se reuniram nas praças do Trabalhador e Tamandaré
Ato realizado na Praça do Trabalhador, pela CUT Goiás, no Dia do Trabalhador. Foto: Reprodução/Redes Sociais
Ato realizado na Praça do Trabalhador, pela CUT Goiás, no Dia do Trabalhador. Foto: Reprodução/Redes Sociais

O Dia do Trabalhador, celebrado neste domingo (1º), foi marcado por atos de manifestações pró e contra o governo Bolsonaro, em todo o País. Em Goiânia, grupos se reuniram pela manhã nas praças do Trabalhador, no Setor Norte Ferroviário, e Tamandaré, no Setor Oeste.

Na primeira, organizada pela Central Única dos Trabalhadores de Goiás (CUT-GO) e demais centrais sindicais, foram realizadas atividades culturais, com shows, recreação, oficinas, emissão de título de eleitor, corte de cabelo, aferição de pressão arterial, dentre outras ações. 

“Trabalhadores e trabalhadoras, estudantes, manifestantes e famílias ocuparam a Praça do Trabalhador neste 1º de maio na luta em defesa do emprego, direitos, democracia e da vida”, pontua uma publicação feita pela CUT Goiás, nas redes sociais. O evento contou com a presença da deputada estadual Adriana Accorsi (PT), dentre outros apoiadores da causa.

Já na Praça Tamandaré, manifestantes se reuniram em favor do presidente Jair Bolsonaro (PL). Vestidos de roupas em verde e amarelo, os protestantes levantaram bandeiras do Brasil e cartazes em crítica ao Supremo Tribunal Federal (STF), cantaram o hino nacional e realizaram uma carreata. 

Estiveram presentes o deputado federal e pré-candidato ao Governo de Goiás pelo PL, Major Vitor Hugo, o ex-senador e pré-candidato ao Senado, Wilder Morais, e os deputados estaduais Major Araújo, Delegado Humberto Teófilo e Delegado Eduardo Prado. Todos integram a sigla do presidente Jair Bolsonaro.

Foto: Reprodução/Redes Sociais/Major Vitor Hugo

Leia mais sobre: / / / / / Cidades