21 de junho de 2024
Concursos

Desembargadora suspende a altura como critério para concurso dos bombeiros

A 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), concedeu autorização definitiva para a inscrição de Adriana Espíndula dos Santos em concurso público para o provimento do cargo de oficial de saúde – 2º tenente (odontólogo). A participação da candidata no processo seletivo seria impedida porque sua estatura é dois centímetros abaixo da exigida no edital.

 

Para a relatora do processo, desembargadora Elizabeth Maria da Silva, ‘não há como afirmar que a altura interfira no exercício das atividades militares inerentes a função almejada’.

Em outubro do ano passado, a Secretaria de Gestão e Planejamento, por meio do núcleo de seleção da Universidade Estadual de Goiás (UEG), publicou edital para provimento de cargos da Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO), que previa, entre outros, oito vagas para o cargo de Oficial de Saúde – 2º tenente (odontólogo). No entanto, uma das exigências era estatura mínima de 1,60 m para mulheres, independente da vaga disputada.

(com informações TJGO)


Leia mais sobre: Concursos