21 de maio de 2024
Internet

‘Desafio do Apagão’ continua e adolescente teria morrido ao tentar fazer vídeo para TikTok; entenda

A proposta viral não é novidade, mas é grave e continua sendo 'revivida' na internet de tempos em tempos
Na foto, Milagres Soto. Quem confirmou a morte da criança foi a própria tinha da vítima, que divulgou a foto em suas redes sociais e falou sobre a tragédia familiar. (Foto: reprodução/Facebook)
Na foto, Milagres Soto. Quem confirmou a morte da criança foi a própria tinha da vítima, que divulgou a foto em suas redes sociais e falou sobre a tragédia familiar. (Foto: reprodução/Facebook)

O ‘desafio do apagão’ não é algo novo nas redes sociais, mas teria voltado a provocar um acidente que resultou na morte de uma adolescente argentina. A criança teria falecido após tentar gravar a proposta viral, que consiste em causar o próprio desmaio, seu TikTok

De acordo com o jornal local La Nación, Milagres Soto, 12, foi encontrada morta no seu quarto, em Capitán Bermúdez, uma pequena cidade localizada na região metropolitana do Grande Rosário, na margem ocidental do rio Paraná. Ela estava pendurada pelo pescoço com um laço e as apurações do Ministério Público local derão conta de que ela tentava cumprir o ‘desafio’.

Por mais ridículo e perigoso que seja, a proposta, que consiste num enforcamento ou desmaio, precisa ser temporário, mas, autoridades locais afirmaram que “nesse caso, não deu certo e a menor morreu na tentativa”.

Quem confirmou o acidente foi a tia de Milagros em uma postagem no Facebook. A profissional de educação física, Laura Luque, pediu que o caso seja compartilhado, para que o mesmo não ocorra a outros jovens.

“Olá a todos. Meu nome é Lali. Vou divulgar o que estou vivendo. Esta é Milagros, minha sobrinha, que hoje (última sexta, 13) perdeu a vida fazendo um desafio do TikTok. Por favor, peço que compartilhem. Minha família e eu não temos consolo”, diz a mensagem. Confira a original, em espanhol.

Vale lembrar que no último ano, o desafio do apagão tirou a vida de jovens na Itália e no Chile.


Leia mais sobre: / / Variedades

Carlos Nathan Sampaio

Jornalista formado pela Universidade Federal e Mato Grosso (UFMT) em 2013, especialista Estratégias de Mídias Digitais pelo Instituto de Pós-Graduação e Graduação de Goiânia - IPOG, pós-graduado em Comunicação Empresarial pelo Senac e especialista em SEO.