13 de julho de 2024
Eleições 2022

Derrotado em 2020, Trump faz vídeo pedindo votos a Bolsonaro: “um dos maiores presidentes”

Ex-presidente dos Estados Unidos rasgou elogios ao presidente brasileiro, que disputa reeleição
"Ele fez um trabalho absolutamente incrível na economia em seu país, ele é respeitado por todos em todo o mundo", afirmou Trump. (Imagem: reprodução)
"Ele fez um trabalho absolutamente incrível na economia em seu país, ele é respeitado por todos em todo o mundo", afirmou Trump. (Imagem: reprodução)

Na reta final para o dia das eleições, que ocorre neste domingo (2), Bolsonaro começou a publicar e agradecer, com mais frequência, vídeos de famosos e autoridades que declararam apoio a seu governo e sua reeleição. Um dos nomes mais populares, dentre os diversos apoiadores, foi o do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, derrotado em 2020.

No vídeo, Trump diz: “Pessoas do Brasil, vocês têm uma grande oportunidade de reeleger um líder fantástico, um homem fantástico, um dos maiores presidentes do mundo […] Ele fez um trabalho absolutamente incrível na economia em seu país, ele é respeitado por todos em todo o mundo, então eu apoio fortemente o presidente Bolsonaro. Espero que ele seja seu líder por muito tempo. Ele está levando seu país a altos níveis. E, novamente: seu país agora é respeitado graças a ele por todo o mundo. Então vá e vote Bolsonaro”. Assista na íntegra.

Em resposta, Bolsonaro agradece, legendando o vídeo postado em suas redes sociais: “Obrigado, meu amigo Trump. Graças ao apoio do povo brasileiro e de nossa determinação em lutar pelos interesses do Brasil, hoje somos respeitados no mundo todo e contamos com o apoio de nações livres e prósperas e não mais de ditaduras socialistas, como no passado. Vamos seguir trabalhando por um Brasil grande, forte e respeitado. Brasil acima de tudo. Deus acima de todos”.

Trump foi apenas alguns dos nomes que divulgaram vídeo declarando apoio e pedindo votos a Bolsonaro. Entre os nomes estão o jogador de futebol Neymar, que rendeu polêmicas com declaração, o jorgador de basquete Nene Hilario, a atleta Maurren Maggi, a influenciadora Zoe Martínez, além de líderes de extrema-direita pelo mundo como o primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán, e o líder do Chega, partido de Portugal, André Ventura.


Leia mais sobre: / / / Política

Carlos Nathan Sampaio

Jornalista formado pela Universidade Federal e Mato Grosso (UFMT) em 2013, especialista Estratégias de Mídias Digitais pelo Instituto de Pós-Graduação e Graduação de Goiânia - IPOG, pós-graduado em Comunicação Empresarial pelo Senac e especialista em SEO.