27 de maio de 2024
Destaque • atualizado em 17/01/2021 às 14:17

Deputado quer homenagear Maguito Vilela colocando seu nome no Estádio Serra Dourada

Lucas Calil e Maguito Vilela. Foto: divulgação.
Lucas Calil e Maguito Vilela. Foto: divulgação.

O deputado estadual Lucas Calil (PSD) publicou em seu Twitter, neste domingo (17/1), que apresentará na sessão desta segunda-feira à Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) um projeto em homenagem ao prefeito Maguito Vilela, colocando o nome do emedebista no Estádio Serra Dourada.

“Amanhã, em sessão na Assembleia Legislativa, irei apresentar um projeto adicionando o nome do governador Maguito Vilela ao Estádio Serra Dourada. Como disse, não vamos trocar, só adicionar. Acho justíssima a homenagem. Maguito sempre foi um amante do esporte!”, disse o deputado em sua rede social.

Calil disse que ainda não escolheu o nome, mas pode ser Estádio Governador Maguito Vilela — Serra Dourada. O político acrescentou também que a homenagem é para lembrar as coisas relevantes que Maguito fez para transformar as vidas das pessoas.

“A maioria dos estádios é assim, tem o nome popular e o institucional. Nossa ideia é homenageá-lo junto ao nome, estamos vendo qual fica melhor esteticamente, Estádio Governador Maguito Vilela — Serra Dourada, ou Estádio Serra Dourada — Governador Maguito Vilela. Popularmente ele continuará sendo chamado de Serra Dourada, mas institucionalmente e nas outras formas legais terá o nome do governador, porque é uma homenagem justa, ele sempre foi um entusiasta do esporte, realizou várias políticas públicas em incentivo ao esporte e de inclusão às crianças e na minha visão não acho nada mais justo que homenagear aqueles que fizeram algo para transformar as vidas das pessoas para melhor”, falou o deputado Lucas Calil à reportagem do Diário de Goiás, neste domingo.

Maguito Vilela foi eleito prefeito de Goiânia no segundo turno em 29 de novembro de 2020, mas ainda na campanha ele foi infectado pela novo coronavírus e teve de ser internado em São Paulo para tratamento. Mas o político acabou não resistindo às complicações da doença e morreu no dia 13 de janeiro.

Os parlamentares participarão da sessão na Alego, nesta segunda-feira, para também votarem a Lei Orçamentária Anual (LOA), que começará a ser discutida por eles em sessões extras.


Leia mais sobre: / / / Destaque / Política