25 de maio de 2024
Destaque 2 • atualizado em 02/12/2020 às 18:50

Deputado quer aprovar projeto que classifica funcionamento de igrejas como “atividade essencial” em Goiás

Rodrigues quer aprovar uma lei que torna atividades religiosas essenciais
Rodrigues quer aprovar uma lei que torna atividades religiosas essenciais

O deputado estadual Jeferson Rodrigues, do Republicanos, quer aprovar um projeto de lei que classifica as atividades das igrejas e templos religiosos, como atividade essencial, em período de calamidade pública por conta da pandemia da covid-19. Nesta quarta-feira (02/12) ele foi ao Plenário da Assembléia Legislativa defender a proposta de sua autoria.

Segundo Rodrigues, o objetivo é que a igreja pode dar suporte psicológico à quem não tem condições de arcar com custos com profissionais capacitados da área de saúde mental. “Entendemos que a igreja é o hospital da alma. Quantas pessoas, da periferia ou bairros nobres, não possuem condições de arcar com psicólogos ou psiquiatras e encontram nas igrejas para alguém ouvir seus desabafos e orientá-las?”, questionou.

Em seguida, o deputado completou: “Sabemos que, em tempos de pandemia, diversas pessoas estão enfrentando a síndrome do pânico, a depressão e outras aflições. Por isso, estou pedindo a todos para que aprovem essa matéria a qual, certamente, beneficiará os aflitos, sofridos e amargurados de espírito”.

Para se tornar lei, o projeto deve passar em duas votações e seguir para aprovação do governador Ronaldo Caiado (DEM).


Leia mais sobre: / / / / Destaque 2 / Política

Domingos Ketelbey

Jornalista e editor do Diário de Goiás. Escreve sobre tudo e também sobre mobilidade urbana, cultura e política. Apaixonado por jornalismo literário, cafés e conversas de botequim.