25 de maio de 2024
Manifesto pela Democracia

Defesa da democracia: estudantes e trabalhadores vão às ruas reivindicar eleições livres

Ato nacional em defesa da democracia e dos direitos estudantis acontecerão na quinta-feira nas ruas de várias capitais brasileiras
Manifestação é por eleições livres e pela educação. Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Manifestação é por eleições livres e pela educação. Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Em defesa da democracia, por eleições livres e pela educação, estudantes e trabalhadores, membros de centrais sindicais e movimentos irão às ruas das capitais brasileiras. A manifestação acontecerá na próxima quinta-feira (11/08), liderada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), sindicatos, movimentos sociais populares e estudantis e lideranças políticas.

Em Goiânia, a mobilização será organizada pelo Fórum Goiano em Defesa dos Direitos, da Democracia e Soberania. O movimento, que une 40 entidades, entre elas a CUT Goiás, se concentrará na Praça Universitária às 17 horas e percorrerá a Avenida Anhanguera até a Praça do Bandeirante, no Setor Central.

Além de apoiar a mobilização nacional em defesa da democracia e dos sistema eleitoral brasileiro, o protesto celebra o Dia do Estudante. A data comemorada no dia 11 de agosto endossa a luta da classe estudantil em defesa da educação pública, gratuita e de qualidade.

A secretária de Comunicação da CUT-GO, Iêda Leal, convida estudantes e trabalhadores para se unirem ao ato. “Trabalhadores, trabalhadoras, estudantes mais novos e mais velhos, todos e todas estaremos em marcha constante em defesa da democracia, contra o fascismo, o racismo e o machismo. Queremos garantir um Brasil acolhedor e que dê conta de garantir a vida e a segurança dos brasileiros e brasileiras”, afirma.

Defesa da democracia

Para demonstrar apoio a ação encabeçada pela Faculdade de Direito da Universidade de Direito de São Paulo (USP) em defesa da democracia, será feita a leitura pública da “Carta às Brasileiras e aos Brasileiros em Defesa do Estado Democrático de Direito”.

O ato acontecerá nesta quarta-feira (10), às 19h30, no Salão Nobre da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Goiás (UFG), na Praça Universitária.

Até o momento, o manifesto produzido pela USP já conta com mais de 800 mil assinaturas de entidades, instituições, pessoas civis e figuras políticas.


Leia mais sobre: / / / / Política