08 de agosto de 2022
Cidades • atualizado em 27/07/2020 às 19:20

Decreto de abertura de atividades é mantido por prazo indeterminado

Caiado fará novas reuniões com aliados. Foto: Governo de Goiás.
Caiado fará novas reuniões com aliados. Foto: Governo de Goiás.

O governo estadual anunciou que vai manter por tempo indeterminado o período de funcionamento das atividades econômicas. Novo decreto da administração determina que a reabertura pode ser revista a qualquer momento conforme análise da evolução da situação epidemiológica, conforme adiantado pelo Diário de Goiás na última semana. Desta forma, Goiás põe fim, pelo menos por enquanto, a quarentena intermitente, 14×14.

Novo decreto confirmando a manutenção ainda será publicado. O período de reabertura estava autorizado somente até esta segunda-feira (27). Ronaldo Caiado destacou na última que se o quadro for estabilizado com a estrutura hospitalar conseguir atender a demanda, as atividades continuariam em funcionamento.

Segundo nota técnica da Secretaria Estadual de Saúde, a taxa de ocupação de leitos de UTI destinados para tratamento de pacientes com a Covid-19 tem se mantido abaixo de 85% nos últimos 15 dias.

Continua após a publicidade

A taxa de isolamento social não mudou muito em relação ao período da quarentena intermitente. No período de 14 dias de fechamento, Goiás não chegou a meta de 55% e ficou abaixo de 39% em dias úteis. Dados da última semana, indicam que o isolamento girava em torno de 35%, mesmo com a retomada de uma série de atividades.

Goiás tem 58 mil 249 casos de coronavírus, com 1,4 mil mortos. Por outro lado, há o registro de 51 mil 749 de pessoas recuperadas. No Estado, há 116 mil 847 casos suspeitos em investigação. Outros 51 mil 699 já foram descartados.