19 de junho de 2024
Cidades

Decretada a prisão preventiva de Maurício Sampaio e mais 4

O jornal O Popular informou que o cartorário e empresário Maurício Sampaio teve a prisão preventiva decretada pelo juiz da 2ª Vara Criminal de Goiânia, Lourival Machado da Costa.

Ele é suspeito de ser o mandante do assassinato do cronista esportivo Valério Luiz.

Segundo O Popular, a decisão do juiz contém a alegação de que “solto o empresário pode intimidar as testemunhas devido ao seu poder econômico”.

O empresário Maurício Sampaio foi solto da prisão na quinta, 28, após ficar em prisão temporária por 26 dias.

A prisão preventiva foi aplicada, também, a Urbano de Carvalho Malta, ao açougueiro Marcus Vinícius Pereira Xavier, o cabo Ademá Figueiredo e o sargento Djalma da Silva, segundo O Popular.

Conforme inquérito conduzido pela delegada Adriana Ribeiro todos são acusados de participação no assassinato do radialista Valério Luiz.

Defesa

O advogado Ney Moura Teles, em diálogo com a redação do Diário de Goiás, alega, em defesa de Maurício Sampaio, que não há provas que incrimem o seu cliente.


Leia mais sobre: Cidades

Altair Tavares

Editor e administrador do Diário de Goiás. Repórter e comentarista de política e vários outros assuntos. Pós-graduado em Administração Estratégica de Marketing e em Cinema. Professor da área de comunicação. Para contato: [email protected] .