29 de maio de 2024
Eleições 2022 • atualizado em 30/09/2022 às 08:44

Debate presidencial vira meme nas redes sociais: “Padre de festa junina” 

A Igreja Católica negou que Kelmon seja sacerdote da Igreja Ortodoxa no Brasil e nunca foi seminarista ou membro do clero em nenhum dos tês graus da ordem
(Foto: Reprodução / TV Globo)
(Foto: Reprodução / TV Globo)

Em um último ato de campanha eleitoral, faltando apenas 3 dias para o primeiro turno das eleições 2022, o debate dos candidatos à presidência, apresentado pela TV Globo na noite desta quinta-feira (29), foi um verdadeiro espetáculo que ficou marcado por momentos ofensivos e irônicos, uma verdadeira tragicomédia. E nada de propostas.

Nas redes sociais, o debate ficou entre os assuntos mais comentados. O candidato Padre Kelmon (PTB) e a candidata Soraya Thronicke (União Brasil), protagonizaram momentos ”engraçados” que arrancaram boas gargalhadas dos internautas.

A fala de Soraya que mais repercutiu nas redes foi o momento em que ela afirma que Kelmon é um padre de festa junina. ”Não deu extrema-unção, porque o senhor é um padre de festa junina”, cita a candidata. Soraya ainda lembra das mortes em decorrência da Covid-19. ”Nós temos hoje quase 700 mil mortes por Covid, 130 milhões de órfãos, eu pergunto para o senhor, o que o senhor diria para consolar estas famílias, estes órfãos que estão até agora esperando uma ajuda do governo, que tem que ficar separados na casa de um parente e outro. O senhor não tem medo de ir para o inferno não?”, indaga Soraya.

NÃO DEIXE DE LER: Marcado por acusações, debate na Globo foi assunto de maior audiência das últimas semanas

Ainda rendendo bons memes, Soraya também erra o nome de Padre Kelmon.  “Candidato Kelson”, diz ela, sendo corrigida por ele, “Kelmon”, ela replica “Kelvin?”, “Candidato padre”.

Kelmon não é Padre

A Igreja Católica negou que Kelmon seja sacerdote da Igreja Ortodoxa no Brasil e nunca foi seminarista ou membro do clero em nenhum dos tês graus da ordem como bispo, presbítero e diácono. Em nota, a Igreja disse que muitos cidadãos tem questionado membros a respeito do candidato.

”Diante disso, esclarecemos que em pleno respeito, mas também gozando da mesma liberdade de pensamento, consciência e religião prevista no 18º artigo da Declaração dos Direitos Humanos e no artigo 5º da Constituição Federal do Brasil, o referido candidato não é membro de nossa Igreja Sirian Ortodoxa de Antioquia do Brasil em nenhuma de suas paróquias, comunidades, missões ou obras sociais”, diz nota publicada no último dia 14 de setembro.


Leia mais sobre: / / / / Eleições 2022 / Política

Leonardo Calazenço

Jornalista - repórter de cidades, política, economia e o que mais vier! Apaixonado por comunicação e por levar a notícia de forma clara, objetiva e transparente.