20 de maio de 2024
Vila Nova Futebol Clube • atualizado em 13/04/2024 às 07:28

De volta ao Vila Nova, Igor Henrique espera um final de Campeonato Brasileiro diferente de 2023

O volante retorna ao Tigre após passagem pelo Água Santa

O Vila Nova Futebol Clube apresentou nesta sexta-feira (12), seus primeiros reforços para disputa do Campeonato Brasileiro da Série B, que começa para o Tigrão no dia 22 de abril, diante do Guarani, no Onesio Brasileiro Alvarenga. Uma das caras novas do time que é comandado pelo técnico Márcio Fernandes, é um velho conhecido dos colorados. Volante Igor Henrique que esteve no time do ano passado e que após disputar o Campeonato Paulista pelo Água Santa,

 O retorno do atleta, agora com contrato até o final da próxima temporada, foi ressaltado por Frontini – Diretor de Futebol do Vila Nova: “O Igor já é um atleta conhecido, fez uma excelente temporada em 2023. Nós tentamos a permanência dele junto ao Água Santa, mas a equipe contava com o jogador para a disputa do estadual. Já estava acordado com o time paulista para o retorno dele pós Paulistão. Agora, o Igor Henrique tem contrato até o fim de 2025. O atleta despertou interesse de outras equipes, devido aos seu desempenho no estadual. Estamos felizes com a volta dele.”

Igor Henrique atuou no ano passado em 27 partidas com a camisa do Vila Nova. Marcou sete gols e deu duas assistências. O Tigrão fez boa campanha no Brasileirão, porém na última rodada – quando precisava vencer o lanterna ABC – acabou sendo derrotado e desperdiçou o sonho do acesso para elite do futebol nacional. Igor Henrique espera um final diferente para 2024.

“No ano passado, começamos bem na Série B, conquistando algumas vitórias. Para este ano, precisamos manter esse desempenho, garantir bons resultados em casa com o apoio da torcida, e buscar pontuar nos jogos como visitantes. Este ano vamos nos esforçar para alcançar resultados ainda melhores.”

Na atual temporada, Igor Henrique participou de 11 jogos pelo Água Santa. A equipe de Diadema foi eliminada ainda na fase de classificação do Campeonato Paulista. Desde então se juntou ao elenco do Vila Nova e teve tempo de realizar uma intertemporada: “Fisicamente estou bem. Estou sem ritmo de jogo, devido ao tempo sem jogar. Mas depois que começar o campeonato voltarei ao ritmo de jogo”, explicou o volante de 32 anos que já defendeu o Atlético-GO, Ituano, Tombense, Mirassol, Guarani e Ponte Preta.


Leia mais sobre: / / Esportes / Vila Nova Futebol Clube