17 de junho de 2024
Política

Daniel Vilela critica criação de nova secretaria com mais cargos comissionados no governo

O deputado estadual Daniel Vilela (PMDB) define como “falta de gestão” o não pagamento da data-base integral dos servidores estaduais – que será parcelada em quatro anos – enquanto o governo cria uma nova secretaria (Administração Penitenciária e Justiça, com novos cargos comissionados de chefia, direção e assessoramento). Para ele, a criação de novos cargos visa apenas “agasalhar aliados”.

“Em vez de pagar a data-base integral dos servidores, algo de direito da categoria, não cumpre a promessa de reduzir comissionados e aumenta cargos e secretarias para agasalhar aliados políticos”, afirmou Vilela, à coluna Giro, do Jornal O Popular, desta quinta-feira (4).

Veja a nota, publicada no Jornal, na íntegra:

“Daniel Vilela
Deputado estadual do PMDB

Como a oposição reage à criação de cargos comissionados e de uma secretaria no governo?
Tenho dito que falta gestão neste governo, que está focado apenas na eleição de 2014. Em vez de pagar a data-base integral dos servidores, algo de direito da categoria, não cumpre a promessa de reduzir comissionados e aumenta cargos e secretarias para agasalhar aliados políticos. As prefeituras do PMDB e PT, com muito menos recursos, têm garantido a data-base integral de seus servidores.”


Leia mais sobre: / Política