17 de junho de 2024
Lênia Soares

Daniel Vilela bate, Maguito assopra. Iris resolve?

Enquanto o deputado estadual Daniel Vilela (PMDB) discursa contra a administração estadual, seu pai, o prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (PMDB), depõe a favor.

Uma relação político-partidária-familiar repleta de contradições e justificativas administrativas.

Até quando? Iris Rezende pode responder.

Na manhã desta sexta-feira, 3, o ex-governador se reuniu com o prefeito de Aparecida para discutir posicionamentos partidários. A conversa foi reservada e sem comentários sobre o assunto. O que se sabe, porém, é que a eleição de 2014 não ficou fora da pauta dos peemedebistas.

Aliás, este é um tema que converge o interesse dos oposicionistas. Querem tirar Marconi Perillo (PSDB) do poder. Ponto. Quem disputará o cargo é outra história.

Maguito nega ter interesse em ser protagonista, novamente, no pleito pelo governo de Goiás. Já disputou e perdeu duas vezes. Por outro lado, administra a vontade de ver o filho, Daniel Vilela, com o poder da canetada. Poder que foi dele de 1995 a início de 98.

Daniel, por sua vez, trabalha discretamente e busca a consolidação de seu nome. Nos últimos dias tem intensificado o discurso contra Marconi, tomado frente em alguns projetos da oposição e – a principal mostra do seu interesse – se aconselhado com o ex-governador Iris Rezende.

Mas se é assim…

A maior dificuldade de Daniel entre os aliados, ironicamente, é a atitude do pai. O deputado tem vivenciado um conflito constante entre fazer oposição ao governo e defender o posicionamento político de Maguito.

Fato é fato. Um, o filho, faz parte do Legislativo goiano. Outro, o pai, do Executivo aparecidense. Esferas distintas que deveriam se ligar pelo posicionamento ideológico de oposição. Mas que se separam no pragmatismo que ensina que governo não faz oposição a governo.

Eis a questão: Como criticar um governador, inclusive de anti-democrático, elogiado pelo próprio pai que sai constantemente sorridente em fotos que reforçam o discurso de Marconi como um ‘gestor democrático’?

“Ele é prefeito e precisa de um bom relacionamento com o governador”, se esforça, Daniel.

Os resultados da conversa com Iris poderão ser verificados nos próximos dias. Vão reforçar o discurso de quem?

Talvez seja o caso de dizer: chegará o dia em que Maguito terá de dizer e provar de que lado está. Porque Daniel se mostra decidido e focado.

Simples. Ninguém serve a dois senhores o tempo inteiro.

E aí, Maguito: Marconi ou Iris?


Leia mais sobre: Lênia Soares