20 de maio de 2024
Anápolis

Daia é ampliado em 1,7 milhão de metros quadrados para receber mais de 100 novas indústrias

Com a ampliação, o distrito recebe espaço para mais de 100 novas indústrias se estabelecerem em Anápolis
A expectativa apontada por Caiado é de que o avanço gere cerca de 20 mil novos postos de trabalho diretos e indiretos. (Foto: Altair Tavares/Diário de Goiás).
A expectativa apontada por Caiado é de que o avanço gere cerca de 20 mil novos postos de trabalho diretos e indiretos. (Foto: Altair Tavares/Diário de Goiás).

Na manhã desta sexta-feira (12), o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (UB), lançou o programa ‘Daia 5.0’ que prevê uma série de ações para revolucionar o Distrito Agroindustrial de Anápolis. Durante o evento realizado na sede da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego) no Daia, foi lançado o edital para expansão do distrito, o DaiaPlam. Agora, o local recebe mais 1,7 milhão de metros quadrados.

Com a ampliação, o distrito recebe espaço para mais de 100 novas indústrias se estabelecerem em Anápolis. A expectativa é de que o avanço gere cerca de 20 mil novos postos de trabalho diretos e indiretos. “Então é realmente algo substantivo a cidade de Anápolis além do que vai gerar de arrecadação e de melhoria na qualidade de vida aqui. E vocês viram que Goiás pela primeira vez na história ultrapassou a renda média nacional. Hoje Goiás é o estado com o maior número de pessoas ocupadas”, destacou o governador.

O edital do DaiaPlam, fruto de uma parceria entre a Codego e a Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) e de consulta pública, define os critérios de seleção das empresas que serão assentadas na nova área. “O edital será, a partir da autorização do governador Ronaldo Caiado, publicado no Diário Oficial hoje (12), com critérios claros e objetivos, dando toda a segurança jurídica para quem quer investir em Goiás e de forma especial no Daia”, informou o presidente da Codego, Francisco Júnior.

Segundo Francisco, são mais de R$ 40 milhões em infraestrutura que o estado está investindo para as melhorias no Daia. “Dentro do programa temos várias outras ações. Então, o investimento é muito maior do que este. Mas nesses 40 milhões, nós vamos estar dobrando a capacidade de água do Daia, investindo no esgotamento, na parte sanitária do distrito, no recapeamento e na reestruturação da iluminação”, afirmou o presidente destacando que a iluminação é uma promessa antiga e que será solucionada com uma maior urgência.

Regularização do Daia

O novo local já se estabelece com infraestrutura pronta e áreas regularizadas, o que dará segurança jurídica aos empresários que investirem no polo industrial. “Essa é a maior demanda que existe desde que cheguei ao governo. O Daia irá fazer 50 anos e nunca teve documento”, afirmou Caiado. Desde sua criação, há 47 anos, as empresas já instaladas enfrentam uma batalha para regularizar seus terrenos.

É uma das etapas mais importantes do meu Governo. Tivemos que enfrentar algumas dificuldades para chegar nesse momento. Não foi fácil.

Ronaldo Caiado

Segundo o chefe do Executivo, foi preciso resgatar a área que seria que seria leiloada e escriturar o local. “Agora nós estamos regularizando tudo isso. A partir de agora a Codego vai despachar aqui dentro do escritório da Codego ouvir os empresários e poder entregar o documento gradualmente a todos eles”, explicou Caiado.

No evento, o governador deu início à regularização do loteamento do Daia pelo marco 1, na sede da Codego. Na sequência, a estatal deve atuar junto ao cartório da cidade para promover a regularização de todas as empresas instaladas no polo industrial, garantindo segurança jurídica para o estado e para os empresários.


Leia mais sobre: / / / / Cidades / Notícias do Estado

Elysia Cardoso

Jornalista formada pela Uni Araguaia em 2019