22 de maio de 2024
Efetivo • atualizado em 02/01/2024 às 15:01

Cristóvão Tormin toma posse como deputado estadual na Alego

O parlamentar substitui o cargo ocupado por Fred Rodrigues e assume seu terceiro mandato na Casa
Cristóvão Tormin tomou posse nesta segunda (1º) no gabinete do presidente da Alego Bruno Peixoto. Foto: Carlos Costa/Alego
Cristóvão Tormin tomou posse nesta segunda (1º) no gabinete do presidente da Alego Bruno Peixoto. Foto: Carlos Costa/Alego

O novo deputado estadual de Goiás, Cristóvão Tormin (Patriota) tomou posse nesta segunda-feira (1º) na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). Tormin vai substituir o ex-deputado Fred Rodrigues (DC) após reprocessamento da totalização das eleições de 2022 pelo Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO). O parlamentar, agora, passa a integrar a 20ª Legislatura, até o dia 31 de janeiro de 2027. 

Cristóvão já ocupou o cargo de vereador, e foi prefeito em Luziânia por dois mandatos consecutivos, de 2013 a 2017 e de 2018 a 2021. Também foi deputado estadual em duas legislaturas: a 16ª, de 2007 a 2011 e 17ª, de 2011 a 2015.

Em solenidade de posse de seu terceiro mandato como deputado, ao lado do presidente da Alego, deputado Bruno Peixoto (UB), Tormin declarou seu compromisso com o povo goiano. “Eu venho para somar, eu venho com mais experiência para somar com todos os colegas da atual legislatura, cada um com sua particularidade, com seu partido político, mas todos imbuídos de um bem comum que é fazer o melhor pelo nosso Estado”, destacou.

Relembre o caso

Em outubro de 2022, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) fez uma recontagem de votos e George Morais (PDT) entrou no lugar de Thiago Albernaz, e Fred Rodrigues (DC) assumiu no lugar de Cristóvão Tormin. Isso ocorreu porque o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou as candidaturas de George e Fred depois da eleição. Recentemente, em reviravolta, o TSE teve entendimento contrário e Fred Rodrigues ficou fora, em decisão final. O anúncio da decisão do TRE pela substituição de Fred por Tormin ocorreu no último dia 26 de dezembro.

Agora, devidamente empossado em seu terceiro mandato como deputado, Tormin afirma que pode mudar de partido após analisar o cenário que o espera. Atualmente no Patriota, o parlamentar já considera outras legendas. “Posso sair a qualquer momento, mas primeiro vou analisar o cenário, as conjunturas e tomar posição com relação a isso”, ponderou.


Leia mais sobre: / / / Política

Luana Cardoso

Luana

Estagiária de Jornalismo do convênio entre a UFG e o Diário de Goiás.