27 de maio de 2024
Catalão • atualizado em 28/04/2024 às 12:23

Crise política adia assinatura do projeto de lei que cria universidades federais em Catalão e Jataí

Reitor da UFG, Orlando Afonso Valle do Amaral (Foto: Carlos Siqueira)
Reitor da UFG, Orlando Afonso Valle do Amaral (Foto: Carlos Siqueira)

A assinatura dos decretos de criação de duas novas universidades federais, em Catalão e em Jataí, foi adiada pela terceira vez. Segundo o reitor da UFG, Orlando Afonso Valle do Amaral, a visita da presidente Dilma Rousseff a Goiás estava marcada para novembro, foi adiada para dezembro, e em função da agenda política conturbada do país, foi adiada novamente.

De acordo com o Reitor, ele aguarda a marcação de uma nova data, que deve acontecer em 2016. “Estávamos com uma expectativa muito grande, tanto em Catalão, quanto em Jataí, para assinatura dos decretos criando as duas novas universidades e o início da tramitação no Congresso Nacional”, disse Orlando do Amaral.

Ainda segundo o reitor, o adiamento da assinatura do decreto não acarretará prejuízos a universidade, já que pela proximidade com o final do ano, a probabilidade da tramitação ocorrer apenas em 2016, era grande.

Impeachment

Questionado sobre o processo de impeachment da Presidente Dilma Rousseff, o reitor da UFG afirmou que a Associação dos Reitores das Universidades Federais (Andifes), deve enviar um documento em apoio a democracia, e que assinará o termo.

“A Associação dos Reitores está preparando um documento em defesa, sobretudo da democracia das instituições, que está ameaçada nesse clima de convulsão, de um funcionamento muito fora do padrão do Congresso Nacional”, ressaltou Orlando do Amaral. 


Leia mais sobre: Catalão / Cidades