12 de agosto de 2022
Esportes

Criciúma busca virada sobre o CSA na Série B com dois gols de Marquinhos Gabriel

Foto - Celso da Luz (Criciúma)
Foto - Celso da Luz (Criciúma)

Apesar de ter saído atrás do placar logo no começo, o Criciúma superou o CSA, por 2 a 1, na noite desta segunda-feira, no encerramento da 20ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Jogando em casa, no Estádio Heriberto Hulse, os catarinenses ficaram com um jogador a mais após a expulsão de Wellington Nascimento, ainda no primeiro tempo. Com isso, foram para o ataque e viraram o placar com dois gols de Marquinhos Gabriel.

Com a vitória, o Criciúma chegou a 27 pontos e assumiu a nona colocação, a sete pontos do Bahia, que fecha o G-4 com 34. Já o CSA segue em situação delicada, abrindo a zona de rebaixamento, em 17º, com 20 pontos.

A partida começou agitada e quase Lohan abriu o placar para o Criciúma após saída errada de bola do goleiro adversário. Mas, aos quatro minutos, quem marcou foi o CSA. Edson acionou Osvaldo na esquerda, que cruzou para área. Rodrigo Rodrigues completou de cabeça, no alto, e fez 1 a 0.

Continua após a publicidade

O CSA teve chance de ampliar com Osvaldo, que saiu na cara do gol em rápido contra-ataque, mas o goleiro Gustavo salvou o time mandante. Outro lance importante do primeiro aconteceu entre Wellington Nascimento, do CSA, e Lohan, do Criciúma. Após revisão no VAR, o árbitro viu agressão do jogador do time alagoano e o expulsou. Antes do intervalo, o Criciúma quase empatou com Thiago Alagoano, que completou cruzamento de cabeça e exigiu grande defesa de Jean.

Na volta para o segundo tempo, apesar da desvantagem numérica, o CSA levou perigo com Edson, em chute rasteiro dentro da área. O Criciúma respondeu com Arilson, que finalizou da meia-lua, mas por cima. Até que aos 21 minutos, o Criciúma chegou ao empate. Helder fez cruzamento na segunda trave e Marquinhos Gabriel completou de cabeça. O meia ainda exigiria grande defesa do goleiro Jean minutos depois.

O empate motivou ainda mais o Criciúma, que foi para o ataque e não demorou muito para vencer a resistência do CSA. Aos 33 minutos, após cruzamento e tentativa de Lohan, a bola sobrou para Marquinhos Gabriel, que não desperdiçou. A partir daí, o Criciúma controlou bem o jogo e confirmou a vitória.

Continua após a publicidade

Os dois times voltam a campo no próximo sábado, pela 21ª rodada. Às 16h, o Criciúma visita o Londrina, no Estádio do Café. Mais tarde, às 20h30, o CSA volta a jogar em casa, no Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), contra o Ituano.

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA 2 X 1 CSA

CRICIÚMA – Gustavo; Cristovam (Lucas Xavier), Rodrigo, Oswaldo Henríquez e Marcelo Hermes (Hélder); Gustavo Cazonatti (Lucas Poletto), Arilson, Marquinhos Gabriel, Thiago Alagoano (Caio Dantas) e Fellipe Mateus; Lohan (Léo Costa). Técnico: Cláudio Tencati.

CSA – Jean; Diego Renan, Wellington Nascimento, Lucão e Edson; Geovane (Rogério), Igor, Lourenço (Werley) e Gabriel (Tito); Osvaldo (Felipe Augusto) e Rodrigo Rodrigues (John Mercado). Técnico: Alberto Valentim.

GOLS – Rodrigo Rodrigues, aos quatro minutos do primeiro tempo; Marquinhos Gabriel, aos 21, e aos 33, do segundo.

ÁRBITRO – Maguielson Lima Barbosa (DF).

CARTÕES AMARELOS – Marcelo Hermes, Arilson e Lohan (Criciúma) e Felipe Augusto (CSA).

CARTÃO VERMELHO – Wellington Nascimento (CSA).

PÚBLICO – 11.915 pagantes.

RENDA – R$ 229.440,00.

LOCAL – Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC).

(Conteúdo Estadão)