29 de maio de 2024
Pesquisa

Crescimento da construção civil supera o da economia nacional

O aumento foi de 1,1% entre o segundo e terceiro trimestres de 2022, a quinta elevação do PIB do setor superior ao PIB total do Brasil
Em todas as bases de comparação, a construção civil teve resultados melhores do que a economia do país. Foto: Divulgação
Em todas as bases de comparação, a construção civil teve resultados melhores do que a economia do país. Foto: Divulgação

A construção civil no Brasil teve crescimento de 1,1%, entre o segundo e terceiro trimestres de 2022. O aumento representa a quinta elevação consecutiva do Produto Interno Bruto (PIB) do setor que é superior ao PIB total do país. A alta da economia nacional, nesse mesmo período, foi de 0,4%.

De acordo com os dados da Sondagem da Construção, divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em todas as bases de comparação, a construção civil teve resultados melhores do que a economia do país. Na comparação entre os 3º semestre de 2021 e 2022, o setor cresceu 6,6%, enquanto a economia do Brasil aumentou 3,6%.

No acumulado dos três primeiros trimestres de 2022, a alta foi de 8,2% na construção civil e de 3,2% na economia do país, comparado ao mesmo período do ano passado. Já a taxa acumulada nos últimos quatro trimestres, em relação aos quatro trimestres imediatamente anteriores, demonstra alta do setor de 8,8% e 3,0% na economia nacional.

Resultados

De acordo com a Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Goiás (Ademi-GO), os números apontam que o investimento mais seguro, no momento, símbolo de ganhos reais, é a compra de imóveis. Segundo o superintendente da entidade, Felipe Melazzo, o mercado tem se valorizado bastante nos últimos tempos. “Quem investiu em imóveis nos últimos meses pode ter a certeza de que realizou um excelente negócio, uma vez que eles têm se valorizado de forma veemente”, afirma.

A orientação da Ademi-GO para que os inventimentos prosperem da melhor forma, é que o consumidor pesquise bem e escolha incorporadoras de boa reputação no mercado, antes de comprar imóveis. De acordo com o superintendente da entidade, há possibilidades de financiamento imobiliário com taxas de crédito menores, e com oportunidades de realização de portabilidade, que representam grandes benefícios para o cliente.


Leia mais sobre: / / / Brasil / Economia