28 de junho de 2022
Cidades

Corpo de bebê em maternidade foi incinerado

Foto: Google Street View
Foto: Google Street View

A Secretaria Municipal de Saúde de Aparecida de Goiânia informou neste sábado (26) que o corpo do recém-nascido que desapareceu na Maternidade Marlene Teixeira nesta sexta-feira (25), foi incinerado junto com resíduos biológicos por funcionários de uma empresa terceirizada. Foi destacado que serão aplicadas punições aos responsáveis pelo fato. A secretaria pretende dar apoio e assistência aos familiares. 

Continua após a publicidade

Caso

A Polícia Civil também foi informada sobre o desaparecimento do corpo do bebê. O bebê viveu por apenas 12 horas. O pai do bebê afirma que chegou a vê-lo morto. Porém, quando levou o Serviço de Verificação de Óbitos (SVO) para buscar o corpo, não o encontrou mais.

O pai da criança havia procurado funcionários do local. Eles declararam não ter informações sobre o corpo. A direção da Secretaria Municipal de Saúde foi chamada para averiguar o caso. Em seguida, a Polícia Civil foi acionada para apurar o sumiço do corpo do bebê. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial.

Continua após a publicidade

 A morte da criança foi devido a problemas respiratórios. O bebê havia nascido na última quinta-feira.