08 de agosto de 2022
Destaque • atualizado em 12/02/2021 às 21:26

Coronavírus: Variante do Reino Unido é identificada em Goiás; “Era algo que imaginávamos”, afirma superintendente de Vigilância

Superintendente de Vigilância da SES-GO confirma dois casos da variante britânica em Goiás
Superintendente de Vigilância da SES-GO confirma dois casos da variante britânica em Goiás

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-GO) confirmou no começo da noite desta sexta-feira (12/02) que a variante originária do Reino Unido já circula em Goiás. Os casos confirmados são do entorno de Brasília, em moradores de Luziânia e Valparaíso de Goiás. A superintendente de Vigilância da SES-GO, Flúvia Amorim explicou que os casos já eram esperados e que só faltavam a confirmação. Ela reforçou que as medidas preventivas devem ser reforçadas: distanciamento social, uso de máscara e higienização das mãos.

Por meio de vídeo encaminhado pela assessoria da SES-GO, Flúvia Amorim explicou que os dois casos tratavam-se da variante britânica. “Ela é uma das variantes de importância epidemiológica. O trabalho em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde dos dois municípios do entorno de Brasília, já foi contactado”. O trabalho agora é de fazer uma busca em todas as pessoas que tiveram contato com os contaminados.

“Já estamos fazendo a buscativa de contatos desses casos para que a gente possa verificar quantos sintomáticos, fazer coleta de amostras para verificação de PCR e também consequentemente, de sequenciamento, caso seja possível sequenciar essas amostras”, destacou pontuando que já era algo que a equipe da SES esperava. Faltava apenas a confirmação.

Continua após a publicidade

“Assim como a variante de Manaus, é muito possível que ela já esteja circulando. As medidas de controle são praticamente as mesmas e agora reforçadas por essa circulação nova: manter distanciamento mais do que nunca, evitar aglomerações, usar máscara e higienização das mãos”, concluiu.

Veja o vídeo na íntegra: