17 de agosto de 2022
Cidades

Copa antecipa julgamento de acusados da morte de Valério Luiz

Valério Luiz foi assassinato na porta da Rádio Jornal em 2002 (foto reprodução)
Valério Luiz foi assassinato na porta da Rádio Jornal em 2002 (foto reprodução)

O advogado Valério Luiz Filho confirmou que o julgamento dos acusados pela morte de radialista Valério Luiz foi antecipado do dia 5 de dezembro para 7 de novembro. A nova data foi escolhida tendo como justificativa o fato de que a data anteriormente escolhida poderá ter jogo da seleção brasileira de futebol na Copa do Mundo de futebol.

Anteriormente previso para 13 de junho, o julgamento foi adiado por que um dos jurados deixou o isolamento após o primeiro dia de trabalho do Tribunal do Júri.

São submetidos ao julgamento, que teve início nesta segunda-feira (13), o empresário Maurício Sampaio, tido como mandante do crime, Ademá Figueredo Aguiar Filho, sargento da Polícia Militar e suposto atirador, Djalma Gomes da Silva, Urbano de Carvalho Malta e Marcus Vinícius Pereira Xavier, apontados como articuladores.

Continua após a publicidade

A história do assassinato

Valério Luiz foi morto no dia 5 de julho de 2012, na porta da Rádio 820 AM, atual Rádio Bandeirantes, onde a vítima trabalhava como comentarista esportivo. Segundo denúncia feita pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO), o assassinato foi motivado devido aos constantes comentários críticos de Valério Luiz à diretoria do Atlético Clube Goianiense.