13 de abril de 2024
Crise humanitária

Conselho de saúde indígena confirma 6 mortes de yanomamis por malária e desnutrição

O Hospital da Criança em Boa Vista, tem, até o momento, 53 crianças yanomamis internadas. No total, há 64 pacientes internados e sete deles em UTIs
Crianças em situação de desnutrição em crise sanitária que atinge povos Yanomani (Foto: Ministério da Saúde)
Crianças em situação de desnutrição em crise sanitária que atinge povos Yanomani (Foto: Ministério da Saúde)

O presidente do Conselho Distrital de Saúde Indígena, Júnior Hekurari, informou que nesta sexta-feira (27), seis indígenas yanomamis morreram na comunidade de Surucucu, em Roraima, em decorrência de malária e desnutrição, segundo o site UOL.

Das vítimas, há uma mulher e uma criança de 9 anos e as demais são homens adultos. Um deles, uma liderança na comunidade de Surucucu e outros três, jovens que viviam na região.

A mulher tinha desnutrição grave e estava internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Geral de Roraima, em Boa Vista. Os três filhos dela também estão internados no hospital infantil do estado, também em tratamento por desnutrição grave.

Os corpos dos homens e da criança não foram resgatados nesta sexta-feira (27), por estarem em um local de difícil acesso e próximo à região de garimpo ilegal.

O Hospital da Criança em Boa Vista, tem, até o momento, 53 crianças yanomamis internadas. No total, há 64 pacientes internados e sete deles em UTIs.

As principais causas de internação dos yanomamis são:

  • diarreia e doença gastrointestinal aguda;
  • desnutrição grave;
  • pneumonia;
  • malária;
  • acidentes com cobras.

Leia mais sobre: / / / Brasil

Leonardo Calazenço

Jornalista - repórter de cidades, política, economia e o que mais vier! Apaixonado por comunicação e por levar a notícia de forma clara, objetiva e transparente.