21 de junho de 2024
Agilidade • atualizado em 28/05/2024 às 17:16

Condutores de Aparecida podem realizar conciliações gratuitas em casos de acidentes de trânsito

A cidade passa a integrar o Núcleo Virtual de Trânsito do TJ-GO, e agora, motoristas poderão realizar o serviço virtualmente em casos de batidas sem vítimas
O serviço permitirá aos condutores envolvidos no acidente um atendimento de conciliação em tempo real, via WhatsApp. Foto: Reprodução
O serviço permitirá aos condutores envolvidos no acidente um atendimento de conciliação em tempo real, via WhatsApp. Foto: Reprodução

Com o objetivo de agilizar e desburocratizar as questões de trânsito, tornando o atendimento ao público mais eficiente, a partir de agora, condutores de Aparecida de Goiânia poderão contar com serviço de conciliação virtual gratuita em casos de acidentes de trânsito sem vítimas. A iniciativa é fruto da parceria entre a Secretaria Executiva de Mobilidade e Trânsito de Aparecida de Goiânia (SMTA) e o Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO).

O serviço permitirá às partes envolvidas um atendimento em tempo real, via WhatsApp. Dessa forma, ao invés de esperar a Justiça Móvel, as partes poderão entrar em contato com os números 3018-8016 e 3216-2300, das 7h às 19h, e serão conduzidas para uma sala virtual. Nesse ambiente, elas poderão fazer acordo e resolver o conflito na hora.

O Núcleo Virtual de Trânsito atende para reparo de danos materiais em caso de acidentes de trânsito em que não há vítimas, nem danos ao patrimônio público (placas, postes, semáforos ou similares) e, também, quando não há carros oficiais envolvidos. O programa busca auxiliar os envolvidos no acidente de trânsito a resolverem o caso, com rapidez e eficiência, de maneira voluntária e gratuita para o usuário.

Assim sendo, após o acordo, o termo de audiência será encaminhado a um Centro Judiciário de Solução de Conflitos para homologação pelo juíz e o caso será definitivamente resolvido. Em casos que não se alcance a resolução do litígio, as possibilidades não finalizam aí, pois, o NVT instruirá os envolvidos no acidente de trânsito a acionarem a Justiça por outros canais.

O secretário da SMTA, Sérgio Carvalho, destacou a iniciativa como um avanço na resolução de conflitos. “É um serviço muito prático e acessível para a população, que, além do Justiça Móvel, que já é ágil, pode resolver suas pendências de imediato, utilizando para isso apenas o aparelho de celular. A nossa secretaria vem para apoiar essa ação”, afirmou.


Leia mais sobre: / / / / Aparecida de Goiânia / Cidades

Luana Cardoso

Luana

Atualmente atua como repórter de cidades, política e cultura. Editora da coluna Crônicas do Diário. Jornalista formada pela FIC/UFG, Bióloga graduada pelo ICB/UFG, escritora, cronista e curiosa. Estagiou no Diário de Goiás de 2022 a 2024.