19 de junho de 2024
Notícias do Estado

Começam Obras de recapeamento em Aparecida de Goiânia

Após vários criticas feitas pela população em contato direto com órgãos de imprensa da região metropolitana de Goiânia, a prefeitura de Aparecida de Goiânia decidiu antecipar o programa de recapeamento do municipio. O secretário de Infraestrutura, Mário Vilela, destaca que em 2013 está previsto a continuidade do programa, que cobrirá toda a demanda restante do município, que atualmente é de cerca de 100 km

Nota da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Aparecida de Goiânia

A Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) da Prefeitura de Aparecida de Goiânia antecipou as obras de recapeamento do asfalto das principais vias da cidade. O serviço estava previsto para se iniciar apenas em março devido ao período de chuvas mas, com a vinda da estiagem, acabou sendo antecipado.

A Avenida São Paulo é primeira via contemplada com a manutenção e terá ao todo cerca de 10 km de suas duas pistas recapeadas. “Até o fim do ano a cidade tomará outro aspecto. Todos os trechos em estado crítico serão refeitos. Nos próximos anos será necessário apenas a manutenção preventiva da malha” – conta Mário Vilela, secretário de Infraestrutura.

Com apoio do Governo Federal, foram investidos cerca R$ 20 milhões na cidade através de um virtuoso programa de manutenção da pavimentação asfáltica, iniciado em 2011 e que, até o final de 2012, recuperou 200 Km de ruas e avenidas. Em 2013 está previsto a continuidade do programa, que cobrirá toda a demanda restante do município, que atualmente é de cerca de 100 km.

Primeiramente é feito o serviço de tapa-buracos na via e, logo em seguida, vem as máquinas e iniciam a obra de recapeamento. Ao todo a Seinfra dispõe de seis equipes trabalhando ininterruptamente na tapagem de buracos na cidade de Aparecida de Goiânia. Essas equipes estão divididas nas cinco regiões administrativas do município.

As regiões administrativas são divididas por critérios de logística, como tempo médio de deslocamento de maquinário e consumo de combustíveis. Durante o período chuvoso – quando são originados a maioria dos buracos nas vias – é utilizada uma média de 6 a 8 caminhões de massa asfáltica por dia, que equivalem a cerca de 100 toneladas de material.

A vida média de uma pavimentação asfáltica se compreende entre cinco e dez anos, dependendo da manutenção preventiva feita ao longo do tempo. A Seinfra planeja recuperar todos os trechos críticos das vias até o final do ano. A população pode ajudar a prefeitura utilizando o Disque Tapa-Buracos, através dos números 3545-6057 e 3545-5906, de segunda a sexta-feira.


Leia mais sobre: Notícias do Estado