24 de maio de 2022
Cidades • atualizado em 12/02/2020 às 23:45

Começa quarta-feira (13), a paralisação da Rede Estadual de Ensino

Terá início nesta quarta-feira (13), a greve dos servidores da Educação Estadual de Goiás. A greve foi deflagrada na última sexta-feira (8), após realização de assembleia.

Segundo a presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Educação em Goiás (Sintego), Bia de Lima, a agenda de mobilização começa com a visitação das escolas, para entrega de uniformes, boletins, amparando os alunos e as unidades. As visitas serão hoje e amanhã. 

Continua após a publicidade

De acordo com Bia da Lima, já está marcada para quarta-feira uma reunião com o Fórum dos Servidores Públicos, para a realização de um ato unitário, já que outras categorias também reivindicam o não parcelamento do salário anunciado pelo Governo de Goiás, e a data-base.

No caso específico dos servidores da educação, eles também cobram o pagamento do piso dos professores em janeiro e dos administrativos em maio. 

A secretária de Estado da Educação, Cultura e Esporte, Raquel Teixeira, disse que, se a greve na rede estadual de educação for confirmada, só haverá prejuízos para os alunos e indica que não haverá mais espaço para as negociações.

Continua após a publicidade

Leia mais sobre:
Cidades