25 de maio de 2024
Brasil

Começa a posse dos novos senadores

(Foto: Reprodução/TV Senado)
(Foto: Reprodução/TV Senado)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – Os 54 senadores eleitos em outubro de 2018 começaram a tomar posse para seus mandatos de oito anos. A sessão começou com mais de 30 minutos de atraso.
O Senado teve nas últimas eleições a maior renovação de sua história recente. Das 54 vagas, 46 serão ocupadas por novos nomes.
Apenas oito senadores conseguiram se reeleger: Renan Calheiros (MDB-AL), Jader Barbalho (MDB-PA), Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Humberto Costa (PT-PE), Paulo Paim (PT-RS), Ciro Nogueira (PP-PI), Eduardo Braga (MDB-AM) e Sérgio Petecão (PSD-AC).
O ex-presidente do Senado Eunício Oliveira (MDB-CE), Magno Malta (PR-ES), o ex-líder do PT, Lindbergh Farias (RJ), o ex-ministro Edison Lobão (MDB-MA) e o ex-governador do Paraná Roberto Requião (MDB) estão entre os que não conseguiram se reeleger.
O senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) é quem preside a sessão de posse. Adversários têm questionado a autoridade dele para presidir a sessão de eleição, às 18h, já que ele também é candidato à presidência do Senado.


Leia mais sobre: / / / Brasil

Domingos Ketelbey

Jornalista e editor do Diário de Goiás. Escreve sobre tudo e também sobre mobilidade urbana, cultura e política. Apaixonado por jornalismo literário, cafés e conversas de botequim.