24 de maio de 2024
Dia 1º de janeiro • atualizado em 30/12/2022 às 11:19

Com recusa de Bolsonaro, internautas sugerem que Dilma passe faixa presidencial para Lula

Ex-presidente, que sofreu impeachment em 2016, deu lugar a Michel Temer, que era seu vice na época, e que depois passou a faixa para o atual presidente, em 2019
Dilma Roussef, ao receber faixa de Lula durante sua posse em Brasília, em 2011, mais de dez ano atrás. (Foto: reprodução)
Dilma Roussef, ao receber faixa de Lula durante sua posse em Brasília, em 2011, mais de dez ano atrás. (Foto: reprodução)

Um novo assunto vem ganhando força na internet depois que da recusa de Jair Bolsonaro (PL) em passar a faixa para o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Internautas subiram a hashtag #DilmaPassaAFaixa no Twitter em favor da ex-presidenta petista que sofreu impeachment em 2016. Apesar disso, o site da Câmara informou que Michel Temer, último presidente antes de Bolsonaro, é quem deve seguir o protocolo.

Uma das famosas que engajaram a hashtag foi a cantora Daniela Mercury. No Twitter, a artista escreveu: “Tenho sonhado com isso: Nossa presidenta @dilmabrentregando a faixa para @LulaOficiale o Brasil voltando para o eixo. Assim, a gente faz a reparação de outro grande erro cometido no Brasil,exaltando a mulher que foi tirada da presidência por um golpe de estado. #DilmaPassaAFaixa”.

Apesar da vontade da cantora e de outras milhares de pessoas que escreveram sobre isso, o roteiro da posse de Lula informa mesmo que será Michel Temer. O documento publicado na última sexta-feira (23), no site da Câmara dos Deputados, apresenta um infográfico que mostra que a faixa presidencial será entregue pelo ex-presidente emedebista, que era vice de Dilma.

Mesmo que não seja Dilma a passar a faixa para Lula, se for Temer, será igualmente simbólico. isso por que petistas e apoiadores do governo Lula e Dilma consideram o processo de impeachment de 2016 uma forma de golpe. Portanto, é como se o próprio Michel Temer estivesse devolvendo o que é do PT por direito, já que o governo eleito democraticamente não chegou ao fim naquela época.

Vale lembrar que toda essa confusão começou por conta do atual presidente. Bolsonaro se recusa a passar a faixa para Lula e, mais do que isso, sairá do país para que não precise cumprir com o feito. Além disso, o vice–presidente, Hamilton Mourão, que poderia passar, também se negou, dizendo que isso deveria ser trabalho do chefe do Executivo Federal.


Leia mais sobre: / / Política

Carlos Nathan Sampaio

Jornalista formado pela Universidade Federal e Mato Grosso (UFMT) em 2013, especialista Estratégias de Mídias Digitais pelo Instituto de Pós-Graduação e Graduação de Goiânia - IPOG, pós-graduado em Comunicação Empresarial pelo Senac e especialista em SEO.