25 de junho de 2022
Aparecida de Goiânia

Com receita de quase R$90 mi, Aparecida faz estudo para reduzir taxas municipais

Foto: divulgação/ prefeitura de Aparecida.
Foto: divulgação/ prefeitura de Aparecida.

O balanço do primeiro semestre sobre a arrecadação da prefeitura de Aparecida é de aumento da receita em quase R$90 milhões, com isso o prefeito Gustavo Mendanha  determinou  um estudo para  que haja redução de algumas taxas. Em entrevista ao Diário de Goiás, o secretário da Fazenda do município, André Rosa, explicou como vai ser feito e garante que tem mais novidades.

Continua após a publicidade

“O prefeito nos determinou para que fizéssemos um estudo para que fosse feito uma readequação das taxas do município. Ele entendia que tinha algumas que estavam sendo cobradas ou com valor acima do correto ou que estavam sendo cobradas de pessoas que não deveriam pagar. Por exemplo, existe lógica em um escritório de contabilidade pagar taxa de vigilância sanitária. O prefeito determinou que nós fizéssemos uma revisão geral e com isso nós vamos diminuir com diversas taxas e vamos mudar a cobrança de outras”, explica.

Segundo o secretário, o estudo está em fase final e destaca que mais novidades devem vir. “Estamos finalizando esse estudo, outras novidades virão porque estamos fazendo um estudo amplo das nossas taxas e também da documentação e do processo de abertura das empresas no município e a gente quer facilitar bastante isso”, garante André Rosa.

André ainda ressalta que a arrecadação de Aparecida,  já ao longo dos anos vem sofrendo “crescimento contundente”. “De 2008 até o ano passado tivemos um crescimento de receita de 300% e este ano temos um crescimento total da receita de 9% que em financeiro deve girar entorno de R$90 milhões. Em todo período de crise do Brasil Aparecida nunca teve diminuição de receita”.

Continua após a publicidade

Leia Também: Implementação do projeto Cidade Digital é o primeiro passo para Aparecida de Goiânia se tornar uma Cidade Inteligente

Projetos

De acordo com o titular da pasta, um dos principais projetos do prefeito Gustavo Mendanha  é a  Cidade Inteligente. “Nós queremos trazer os atendimentos da prefeitura em formato digital para que o nosso contribuinte possa realizar todo o seu serviço do conforto da sua casa sem precisar se dirigir até administração pública com regras e procedimentos definidos”, aponta.

Reforma

Para o secretário, o município de Aparecida com relação a reforma da Previdência é diferente dos outros entes federados, “porque temos uma população de servidores muito nova, então não foi impactado, mas nós acreditamos que é importante que haja uma regra só para o Brasil. Porque as pessoas mudam de federação, então isso a longo prazo tende a criar uma judicialização previdenciária muito forte”, conclui.