18 de abril de 2024
Imunização • atualizado em 29/02/2024 às 15:36

Com baixa procura, Goiás amplia vacinação contra dengue para adolescentes de até 14 anos

Inicialmente, a vacina contra dengue era destinada apenas a crianças com idade entre 10 e 11 anos
A vacina Qdenga protege contra os quatro sorotipos da dengue. Foto: Reprodução
A vacina Qdenga protege contra os quatro sorotipos da dengue. Foto: Reprodução

A vacinação contra a dengue foi ampliada em Goiás e passa a atender adolescentes de 12 a 14 anos de idade. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (29), pela Secretaria da Saúde de Goiás (SES). De acordo com a pasta, a partir de agora, por conta da queda na procura pelo imunizante, os municípios que desejarem ampliar a vacinação com a Qdenga já estão autorizados.

Inicialmente, a vacina contra dengue era destinada apenas a crianças com idade entre 10 e 11 anos. Segundo o titular da SES, Rasível dos Santos, no começo da campanha a procura foi como o esperado, no entanto, atingiu apenas 13% do público-alvo. “Nós tivemos uma boa procura pela vacina nos primeiros dias da campanha, mas a adesão diminuiu com o passar do tempo e apenas 13,1% das crianças com idade entre 10 e 11 anos foram vacinadas”, reiterou.

Diante da situação, a Saúde de Goiás solicitou ao Ministério da Saúde que autorizasse a ampliação da faixa de cobertura vacinal. Assim sendo, Goiás é o segundo estado do país a anunciar a decisão. “Nós conversamos com o Ministério da Saúde e o Conselho de Secretários Municipais de Saúde de Goiás e todos foram unânimes em afirmar que a ampliação da faixa etária é a melhor estratégia para levarmos proteção a mais crianças e adolescentes em todo o estado”, explicou Rasível.

Conforme o diretor técnico do Hospital Estadual da Criança e do Adolescente (Hecad), André Resende, as crianças e adolescentes são o público com maior quantidade de internações por dengue, atrás apenas dos idosos, por isso, os primeiros a serem imunizados. O esquema vacinal é composto por duas doses, com intervalo de 90 dias entre cada uma.

A pediatra Maysa Carvalho ressaltou a seguridade da vacina, reforçando a necessidade de pais e responsáveis levarem as crianças e adolescentes para se vacinarem. “É importante que os pais estejam cientes de que a Qdenga é uma vacina segura, que promove a imunização da criança contra os quatro sorotipos do vírus da dengue por cerca de quatro anos”, completou. Até o momento, a SES-GO recebeu 158.518 doses da Qdenga, que foram distribuídas para 134 municípios goianos.


Leia mais sobre: / / / Notícias do Estado

Luana Cardoso

Luana

Estagiária de Jornalismo do convênio entre a UFG e o Diário de Goiás.