18 de abril de 2024
Publicado em • atualizado em 27/02/2024 às 07:38

Vila Nova termina 1ª Fase do Goianão sem um grande destaque individual

Roberto e Anderson Conceição (Foto - Roberto Corrêa)
Roberto e Anderson Conceição (Foto - Roberto Corrêa)

A contratação mais badalada do Vila Nova em 2024 já foi embora. O sonho de contar com o volante Fernando, revelação do clube e que retornou ao Brasil após 17 anos de uma carreira vitoriosa na Europa, acabou. Uma proposta considerada irrecusável, pesou diante do discurso de “amor a camisa”, e o jogador se transferiu para o Internacional, onde vai receber mais de R$ 1 milhão de reais.

Neste início de temporada o Vila Nova Futebol Clube trouxe 15 reforços. Depois de um ano ruim, que terminou com a frustrante derrota para o ABC, em Natal, que custou o tão sonhado acesso para elite do Campeonato Brasileiro, era necessário uma reformulação no elenco. E ela aconteceu.

Dos nomes que chegaram nenhum assumiu até o momento na disputa do Campeonato Goiano o chamado protagonismo. Existe um equilíbrio entre os setores e isso vem sendo o ponto forte do time.

Fernando que poderia ter o status de referência técnica, antes de deixar o Onesio Brasileiro Alvarenga atuou em apenas seis jogadores. Foi regular, mas não empolgou. O sistema defensivo que manteve apenas o goleiro Dênis Júnior em comparação a temporada passada, teve o zagueiro Anderson Conceição e o lateral-esquerdo Roberto como destaques. O colombiano Quintero chegou com o Goianão pela metade e dele é em torno dele existe uma grande expectativa.

Entre os novos volantes, Bruno Matias e João Vítor alternaram bons momentos, mas vão precisar mostrar mais para ganharem a titularidade na reta final do estadual e quando começar o Brasileirão. No meio-campo, Estevão que veio do Internacional, teve algumas oportunidades, só que não aproveitou. Luciano Naninho virou o dono do setor.

No sistema ofensivo a maior expectativa era em torno de Fernandão. Ele foi participativo nos jogos, leva muito incomodo aos zagueiros adversários, mas fez apenas dois gols – muito pouco para um centroavante. Alesson que retornou de empréstimo do Goiás com quatro gols é o destaque.

Fernando chegou, masi já foi embora do Vila Nova (Foto – Roberto Corrêa)

Todos os reforços do Vila Nova

Goleiros: Felipe
Laterais: Matheus Pivô, Eric e Roberto
Zagueiros: Anderson Conceição, Matheus Cabral, Juan Quintero
Volantes: João Vítor, Fernando, Bruno Matías
Meias: Estevão
Atacantes: Igor Bolt, Fernandão, Apodi e Gustavinho

Favorito nas Quartas de Final

Foram 11 jogos do Vila Nova na 1ª Fase do Campeonato Goiano. A equipe colorada, comandada pelo técnico Higo Magalhães, terminou com a segunda melhor campanha. Oito vitórias, dois empates e uma derrota. Aproveitamento de 78%. Tem agora o Goianésia no primeiro mata mata. Primeiro jogo no Estádio Valdeir José de Oliveira e a volta no Onesio Brasileiro Alvarenga.

O Vila Nova é o favorito no confronto. Isso ninguém discute. Só que todo o cuidado é pouco, pois quando se fala de quartas de final, logo o fantasma Anápolis vem na memória do torcedor. Ano passado a eliminação para o Galo da Comarca, tirou o Tigrão da Copa do Brasil em 2024. Um prejuízo que atrapalha qualquer planejamento.