20 de maio de 2022
Publicado em • atualizado em 29/04/2022 às 14:46

“Toda candidatura que se colocar a oposição ao Caiado é válida”, diz presidente do PSDB Jovem sobre José Eliton

Rizzo destaca a importância do ex-governador José Eliton na formação de uma frente ampla
Rodrigo Rizzo em encontro da juventude do PSDB com o ex-governador Marconi Perillo (Foto: Divulgação)
Rodrigo Rizzo em encontro da juventude do PSDB com o ex-governador Marconi Perillo (Foto: Divulgação)

Um dos responsáveis em estimular a filiação de jovens ao PSDB, o advogado Rodrigo Rizzo tem acompanhado de perto a formatação das chapas a deputado estadual e federal. Também tem tido reuniões com o ex-governador de Goiás, José Eliton, hoje nas fileiras socialistas do PSB. Ontem (28/04), ao lado do pré-candidato a deputado estadual pelo PT, Fábio Júnior esteve junto com o ex-tucano. Na pauta: a possibilidade de uma frente ampla em Goiás.

“Nesse momento de tanta intolerância e radicalismos, eu acho que é um momento de conseguirmos conversar com todas as frentes, todas as forças e discutir uma política com P maiúsculo”, pontuou em entrevista ao Diário de Goiás. “Na minha visão, o doutor José Eliton é um dos nomes e políticos mais preparados e qualificados que temos hoje no estado de Goiás. Além de uma grande amizade com ele eu tenho uma admiração por ele, então, nós nos encontramos de maneira frequente”, destacou.

O presidente do PSDB Jovem também defende o fortalecimento da oposição em Goiás. “Quanto a decisão dele de deixar o PSDB, eu acho válida. Ele está seguindo o que acredita. Buscando criar uma alternativa para Goiás. Acho que toda a candidatura que se coloca em oposição ao Caiado é válida”, pontua. Neste sentido, diz que os tucanos não conversam apenas com o socialista, mas também com Gustavo Mendanha.

Continua após a publicidade

“Acho que o momento em Goiás buscar criar uma alternativa ao governo Caiado. O PSDB tem dialogado com o José Eliton, Gustavo Mendanha e não descarta a possibilidade de lançar uma candidatura própria”, ponderou Rizzo. Questionado se o PSDB está hoje mais próximo a Mendanha ou José Eliton, o presidente do PSDB Jovem diz que o momento é de construir “um grupo” para “reestruturar Goiás”.

“Eu realmente não sei dizer de quem o PSDB estaria mais próximo. Eu acho que neste momento o PSDB não tem buscado se aproximar de nomes. Por isso não temos uma decisão de candidatura porque a ideia é construir um grupo e a partir dele criar um projeto para reestruturar Goiás. Tivemos um desmonte e autoritarismo em torno das políticas públicas em Goiás. Um desgoverno muito grande”, cravou.

Nesse sentido avalia que o PSDB tem criado uma boa chapa de jovens para a Assembleia Legislativa e a Câmara dos Deputados. “Não podemos esquecer de um grande líder que tivemos à frente do PSDB Jovem, que é o Rodrigo Zani e também do hoje já deputado Gustavo Sebba. Também tem a vereadora Aava Santiago que já passou pela presidência do PSDB Jovem e que pode representar muito bem o partido em Brasília. Além do jornalista Matheus Ribeiro, que vem somar bastante seu talento numa candidatura a deputado federal”, destaca.

Continua após a publicidade