20 de maio de 2022
Publicado em • atualizado em 10/03/2022 às 15:37

Lissauer Vieira deixa dúvida sobre candidatura e nervosismo no PSD

"É agradável", diz Lissauer Vieira sobre vaga no TCE ao invés de candidatura a deputado federal (foto Leoiran)
"É agradável", diz Lissauer Vieira sobre vaga no TCE ao invés de candidatura a deputado federal (foto Leoiran)

Em nota divulgada ao Diário de Goiás pela assessoria de imprensa, o deputado e presidente da Assembleia Legislativa (ALEGO), Lissauer Vieira exibiu dúvida sobre a candidatura a deputado federal pelo PSD. De forma vaga, a nota diz que ele “garante que não irá abandonar a vida pública”, ou seja, não dá certeza sobre o interesse na campanha eleitoral.

“A possibilidade de ir para o TCE é uma forma de continuar contribuindo com o Estado e também estar mais próximo da minha família e dos negócios”, informou a assessoria como palavras do presidente da ALEGO.

Para complementar, ele indicou que disputar uma vaga do Tribunal de Contas do Estado é agradável. “É um momento que tenho refletido muito e essa é uma alternativa interessante e que me agrada”, completou ele. Assim, o deputado teria condições de cuidar dos negócios na área agropecuária, no interior de Goiás e da herança do pai.

Continua após a publicidade

Já estaria entabulado um acordo para a aposentadoria do conselheiro Sebastião Tejota e, nesse caso, ele disputaria a vaga indicada pela Assembleia Legislativa. Mas, depende também da indicação do vice governador Lincoln Tejota para uma outra vaga no Tribunal de Contas dos Municípios para garantir a presença da família numa das cortes de contas.

Nos bastidores, há especulações de que o movimento de Lissauer Vieira colocaria pressão sobre o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, para que ele trocasse Daniel Vilela pelo presidente da ALEGO.

Altair Tavares

Editor e administrador do Diário de Goiás. Repórter e comentarista político.