23 de abril de 2024
Publicado em

Goiás, Zé Ricardo e Allano

Allano sendo aplaudido pelo torcedor do Goiás (Foto - Rosiron Rodrigues)
Allano sendo aplaudido pelo torcedor do Goiás (Foto - Rosiron Rodrigues)

O Goiás Esporte Clube foi rebaixado e não aprendeu a lição. Contratou mal. Olha o técnico que chegou com a missão de recuperar o Verdão. Técnico que vai insistir com Allano no ataque. Está tudo errado. Vai ser vexame no Campeonato Goiano, na Copa do Brasil e vai lutar para não cair para Série C.

Essas eram as impressões de muitos esmeraldinos nas primeiras semanas de 2024. O Goiás em um processo de mudança administrativa demorou para iniciar o planejamento no futebol. As contratações que chegaram não animaram a torcida e as críticas pela escolha de Zé Ricardo para comandar o time foram bem exageradas.

Tudo bem que o profissional não fez bons trabalhos nos últimos clubes que trabalhou. Mas era preciso ter paciência e acreditar que um técnico não passa por Flamengo, Vasco, Internacional e Cruzeiro por acaso. Fez algo de bom para treinar todos esses times.

Para o momento do Goiás que hoje é distante do que merece seu torcedor, o Zé Ricardo foi uma escolha interessante. A realidade alviverde não é convidativa, do ponto de vista salarial e de competitividade, para buscar um grande técnico no mercado.

Zé Ricardo veio e não se abalou com as críticas. Disse em sua primeira entrevista que o seu trabalho poderia mudar as impressões. Foi o que ele buscou fazer. Calado e sem alarde, colocou o Goiás na liderança do Campeonato Goiano, com o melhor ataque, melhor defesa e com Paulo Baya – uma aposta – como artilheiro da competição.

Técnico Zé Ricardo – Goiás (Foto – Rosiron Rodrigues)

Outro alvo do torcedor, não de agora, já do ano passado – foi o atacante Allano. Criticado de forma exagerada em muitos momentos, o atleta atravessa seu melhor momento, desde que chegou ao Goiás. Na vitória contra o Goianésia, marcou um dos gols e quando foi substituído, recebeu aplausos e não vaias contra das outras vezes que deixou o campo. É o início de uma reação. Na torcida que Allano siga crescendo e se tornando um jogador importante para o Goiás na busca pelos seus objetivos em 2024.

No final do ano ele pode comemorar quem sabe uma grande temporada. Como também o técnico Zé Ricardo. O sucesso de ambos e de vários outros jogadores tão criticados, será a redenção do Goiás após um 2023 catastrófico.

Só que é bom sempre deixar o alerta ligado. O time precisa evoluir e buscar mais reforços. Para a 1ª Fase do Campeonato Goiano os números do Goiás foram conquistados de maneira incontestável. Só que na Série B do Brasileirão, as dificuldades serão bem maiores. Lá não tem Goianésia, Morrinhos e Jataiense. Os rivais serão Santos, Coritiba, América Mineiro, Ceará e também o Vila Nova.